Polícia faz 'tempestade de areia' para espantar banhistas em SC

Ação ocorreu durante um sobrevoo em uma praia da Grande Florianópolis.
Guarnição informou que novas ações como esta devem ocorrer no estado — Foto: Polícia Civil / Divulgação

A Polícia Civil realizou uma abordagem inusitada para que as pessoas cumprissem as medidas de quarentena em Santa Catarina, devido à pandemia de coronavírus, em que a ordem é ficar em casa. A "tempestade de areia" foi realizada durante um sobrevoo do helicóptero do Serviço Aeropolicial (Saer) na sexta-feira (20), na Praia da Galheta, em Florianópolis. O estado já tem quase 70 casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, e está em situação de emergência.

Assista ao vídeo:

De acordo com os agentes, ao verificar que algumas pessoas estavam tomando sol e não respeitando as medidas, os membros da corporação sobrevoaram mais perto da praia, causando o vento que levantou a areia.

A corporação informou que a ação ocorreu durante a fiscalização do cumprimento das medidas de restrição decretadas pelo governo do estado em espaços públicos, praias e praças. Ainda de acordo a polícia, ações como essa devem se repetir nos próximos dias.

A Polícia Civil pede para que denúncias de descumprimento dessas medidas sejam feitas pelo telefone 181.

Situação de emergência e restrições

O governo catarinense decretou situação de emergência no último dia 17, após a confirmação de que já havia casos de transmissão comunitária da doença no estado, ou seja, quando não é possível identificar o local do contágio. Desde então, a intenção é impedir a aglomeração de pessoas para evitar a propagação do vírus.

Entre outras restrições, estão proibidos eventos de forma geral, transporte coletivo municipal, intermunicipal, interestadual e internacional, e a permanência das pessoas em espaços públicos como parques, praças e praias. Além disso, comércios considerados não essenciais devem permanecer com as portas fechadas.

Postar um comentário

0 Comentários