Os 15 países mais ricos do mundo

Avaliamos o PIB per capita desses países para descobrir quais estão na frente nesse quesito. 
(Foto: immigrationdo.com)
Tube News, via Story Daily
28/10/2019  12h33m
Nosso planeta possui mais de 200 países, com diferentes características geográficas e culturas, mas, apenas alguns se destacam por sua riqueza. Alguns desses países possuem rendas anuais que chegam a milhões ou trilhões de dólares. Avaliamos o PIB per capita desses países para descobrir quais estão na frente nesse quesito.

Confira:
15°
Na 15º posição está um dos países mais exóticos do planeta, a Islândia. Esse pequeno país de paisagens vulcânicas possui o turismo como principal atividade econômica, além da exportação de alumínio e pescados. A Islândia foi atingida pela crise financeira de 2008, mas foi um dos países que se recuperou mais rapidamente.

14º
A Árabia Saudita possui a 2ª maior reserva de petróleo do mundo e assim ostenta o 14º lugar de nosso ranking. A família real da Arábia Saudita é conhecida por sua riqueza. É nesse país que fica localizada a cidade de Meca, que é considerada o local mais sagrado do mundo pelos muçulmanos.

13º
A economia da holanda é caracterizada por uma indústria altamente estável. A produção alimentícia exemplar torna possível a exportação de seu excesso. Além disso, o país também se destaca na indústria química, no refinamento de petróleo e na produção de maquinaria elétrica. A holanda ficou com a 13ª posição da nossa lista.

12º
San Marino é um dos menores países do mundo, mas é bastante conhecido pela riqueza de seus habitantes. Sua principal fonte de renda é o turismo, mas o país também possui um forte setor bancário, além de produzir eletrônicos e cerâmicas em larga escala. San Marino conquistou o 12º lugar de nosso ranking.

11º
O mundo conhece os Estados Unidos da América como sua maior potência já há algum tempo, e se fossemos considerar o PIB nominal, eles estariam tranquilamente na primeira posição de nossa lista. Como estamos considerando o PIB per capita, o país cai para a 11º posição. Isso ocorre porque, apesar de toda riqueza, os EUA ainda possuem grande desigualdade econômica.

10º
Hong Kong é conhecida como uma das melhores cidades do mundo para fazer negócios. Muitas empresas transferem suas sedes para lá por conta de sua política liberal e da baixa carga tributária. Seu agitado centro urbano é bastante conhecido por seus arranha-céus. Em nosso ranking, Hong Kong ficou em 10º lugar.


Os Emirados Árabes Unidos (EAU) são um conglomerado de 7 emirados: Abu Dabhi, Dubai, Xarja, Ajmã, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujeira, sendo Dubai o mais populoso. A economia dos emirados é movida, principalmente, pela exportação de petróleo e gás natural. Dubai também é conhecido como grande pólo turístico de luxo. Por esses motivos, os EAU ficaram em 9º lugar em nossa lista.


Nosso 8º colocado, o Kuwait, possui quase 10% das reservas de petróleo mundiais e também tem a exportação desse óleo como principal atividade econômica. Ela corresponde a 90% das exportações e 80% da renda do governo, sendo também responsável por metade do PIB desse pequeno país árabe localizado no Golfo Pérsico.


A Noruega é um país dotado de ricos recursos naturais, e tem a produção de petróleo como principal atividade econômica. Outra atividade importante desse país escandinavo é a pesca. Os turistas costumam procurar a região para a prática do esqui. O país dos vikings ficou com o 7º lugar do nosso ranking.


Além de paisagens de tirar o fôlego, a Irlanda possui uma economia moderna e pequena que depende basicamente de seu comércio. Com uma taxa de desemprego baixíssima, altos salários e grandes investimentos internos, esse país da Europa famoso por suas cervejas fica com a 6ª posição entre os países mais ricos do mundo.


O setor bancário e a indústria de alta tecnologia proporcionam uma economia próspera no país conhecido por seus deliciosos chocolates e luxuosos relógios. A Suíça também é conhecida por suas estações de esqui, que fazem do turismo outra atividade de grande importância para a economia do pequeno país. Em nosso ranking, a Suíça conquistou o 5º lugar.


Em 4º lugar, Brunei é um dos países mais desenvolvidos do sudeste asiático, ficando atrás apenas de Singapura. Sua principal atividade econômica é o petróleo, mas o país também é conhecido por seus avanços tecnológicos e industriais. O minúsculo país também é famoso por suas praias paradisíacas e florestas tropicais que abrigam grande biodiversidade.


No lugar mais baixo do pódio, temos esse pequeno país asiático que se configura como uma potência industrial e tecnológica. Considerado um centro financeiro global, Singapura tem como principal atividade econômica a exportação de máquinas e equipamentos tecnológicos de última geração. O país também é conhecido por reunir a maior porcentagem de milionários de todo o mundo, 1 em cada 6 famílias possui cerca de 1 milhão de dólares para usufruir.


Essa pequena nação européia possui apenas 600 mil habitantes e uma baixíssima taxa de desemprego, 5%. A economia de Luxemburgo depende de sua produção de aço e de seu forte setor bancário internacional. A posição geográfica deste país que está em 2º lugar em nosso ranking é muito favorável para a realização de negócios com os principais países europeus.


A economia do Catar, nosso 1º colocado, é baseada quase totalmente em seu setor petrolífero. Esse pequeno país também possui grandes reservas de gás natural. Apesar da exploração do petróleo corresponder a 60% do PIB e a 65% das exportações, o Catar tem buscado diversificar suas atividades econômicas com o intuito de modernizar o país.

Postar um comentário

0 Comentários