Carlos mostra gravação e diz que áudio desmente versão de porteiro no caso Marielle

A gravação mostraria a portaria contatando a casa de Ronnie Lessa para anunciar a presença de Elcio.
Carlos mostra gravação e diz que áudio desmente versão de porteiro no caso Marielle. (Foto: reprodução)
Tube News
30/10/2019  12h26m
O filho do presidente publicou um vídeo com o que seriam registros das conversas entre a portaria e as casas de seu condomínio no dia 14 de março de 2018, data da execução de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Um dos áudios, segundo ele, desmente a versão do porteiro. Segundo a TV Globo, o funcionário disse em depoimento que Elcio Queiroz informou que iria à casa de Jair Bolsonaro.

A gravação mostraria a portaria contatando a casa de Ronnie Lessa para anunciar a presença de Elcio.

Os dois são acusados pela morte de Marielle e Anderson.


O vídeo foi divulgado com a seguinte legenda: "A Globo, sabendo dos fatos e podendo esclarecê-los, preferiu levantar suspeitas contra o Presidente e alimentar narrativas criminosas. Um simples acesso aos registros internos do Condomínio mostra que no dia 14/03/2018 NENHUMA solicitação de entrada foi feita para a casa 58."

Assista:

Postar um comentário

0 Comentários