Inundações matam quatro pessoas na Espanha

No total, mais de 3.500 habitantes tiveram que deixar suas casas nas áreas afetadas, segundo o ministério do Interior.
Inundação em Ontinyent, Espanha - AFP
Tube News, via IstoÉ
13/09/2019  14h30m
Quatro pessoas morreram afogadas desde quinta-feira no sudeste da Espanha, região atingida por fortes chuvas e inundações que forçaram milhares a deixar suas casas nesta sexta-feira e perturbavam o transporte aéreo e ferroviário.

A última vítima fatal, na província de Granada (Andaluzia), é um homem de 36 anos que dirigia um carro. Seu corpo foi localizado fora do veículo pelo helicóptero dos bombeiros, informou o serviço de emergência.

Horas antes, outro homem, de “meia idade” de acordo com os serviços de emergência, afogou-se quando seu veículo ficou preso em um túnel alagado na cidade andaluza de Almeria, informou a prefeitura.

Um policial conseguiu salvar duas outras pessoas que estavam no veículo, mas o outro ocupante permaneceu no carro, explicou o prefeito de Almeria, Ramón Fernández-Pacheco, na rádio Cadena Ser.

Na quinta-feira, um homem de 61 anos e sua irmã, de 51, morreram em Caudete, na região de Castilla-La Mancha, quando seu veículo foi arrastado numa enchente.

Nos últimos dias, grandes áreas do sudeste da Espanha sofreram com fortes chuvas, que causaram inundações e transbordamento de rios.

Na cidade de Redován (8.000 habitantes), na província de Alicante, a água chegava aos joelhos nesta sexta-feira e muitos moradores limpavam suas casas inundadas, constatou um fotógrafo da AFP.

No total, mais de 3.500 habitantes tiveram que deixar suas casas nas áreas afetadas, segundo o ministério do Interior.

Cerca de 3.000 agentes das forças de segurança, incluindo policiais, bombeiros e soldados da Unidade de Emergência, estão mobilizados, de acordo com o ministro do Interior Fernando Grande-Marlaska, que falou de uma “situação dramática”.

Grande-Marlaska e o ministro da Cultura José Guirao, natural de Almería, planejam visitar a região nesta sexta.

Nas imagens transmitidas pelas televisões locais, era possível ver ruas transformadas em rios de água marrom que arrastavam carros e salva-vidas pilotando jet ski para acessar o túnel inundado de uma rodovia.

As infraestruturas da área também foram afetadas. O aeroporto de Almeria fechou por várias horas nesta sexta-feira, forçando dois voos a serem cancelados e outros dois desviados para o aeroporto de Málaga, segundo a operadora AENA.

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião, sempre com respeito:

Tecnologia do Blogger.