Coaf aponta 'movimentações atípicas' de David Miranda

Segundo o jornal 'O Globo', um relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou transações no valor total de R$ 2,5 milhões na conta bancária do deputado federal do PSOL.
(Foto: Carta Capital)
Tube News, via O Globo e O Antagonista
10/09/2019  17h15m
O documento foi enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro dois dias após o início das divulgações de reportagens do site 'The Intercept Brasil' atribuindo mensagens a autoridades da Lava-Jato. De acordo com a assessoria de David Miranda, 'as movimentações são compatíveis com sua renda familiar' e o deputado possui outra fonte de renda além do salário de parlamentar, que é de R$ 33,7 mil.

Além das suspeitas de “rachid”, já citadas pela Crusoé, a conta do marido de Glenn Greenwald recebeu R$ 1,3 milhão de abril de 2018 a março de 2019, segundo o Coaf. As saídas somaram quase o mesmo valor, R$ 1,29 milhão.

O órgão também chamou a atenção para o fracionamento de depósitos em espécie, sem origem identificada. “A grande maioria foi efetuada nos valores de R$ 2.500 e R$ 5.000, inclusive em mesmas datas”, escreve a Folha.

E tanto o MP como o Coaf alertaram para a evolução patrimonial de Miranda.

Em 2016, quando foi eleito vereador no Rio, ele declarou um patrimônio de R$ 74.825. Já na eleição de 2018, o marido de Greenwald declarou possuir R$ 353,4 mil –quase cinco vezes o patrimônio de dois anos antes.

Postar um comentário

0 Comentários