Inquérito apura se há ligação entre PT e PCC

Em áudio, tesoureiro de facção diz que diálogo era mais fácil em governos anteriores.
(Foto: reprodução/Record TV e R7)
Tube News, via Record TV e R7
09/08/2019  09h34m
Gravações obtidas pelo Jornal da Record a partir de uma investigação do Ministério Público do Paraná revelaram pela primeira vez o impacto que as transferências dos chefes da maior facção do país para presídios federais causou na comunicação interna da quadrilha. 

Nas escutas, autorizadas pela Justiça, quem fala é Alexsandro Pereira, conhecido como Elias, que era o tesoureiro nacional da organização criminosa e foi preso nesta semana. 

Em uma das conversas, ele reclama das ações do atual governo, especialmente de Sérgio Moro, e diz que o diálogo era mais fácil em gestões anteriores.

Assista:

Postar um comentário

0 Comentários