Russo é achado vivo após um mês 'refém' de urso

Identificado apenas como Alexander, o russo foi encontrado por cães de um caçador que passava pelo local.
Achado vivo, Alexander parecia mumificado Foto: Reprodução/Siberian Times
Tube News, via Jornal Extra e Siberian Times
27/06/2019  12h02m
Um homem foi descrito como "múmia viva" após ser encontrado em uma toca de urso após um mês desaparecido em uma região remota da Rússia.

Identificado apenas como Alexander, o russo foi encontrado por cães de um caçador que passava pelo local.

Alexander teve fratura na espinha após lutar com um urso. Ele contou ter sido mantido vivo na toca por "decisão" do próprio urso pardo.
Alexander teve fratura na espinha Foto: Reprodução/Siberian Times
"O urso me poupou para ter o que comer depois", comentou o russo, com grande perda de peso, de acordo com reportagem do "Siberian Times".

Alexander só se lembra do nome. Sequer se recorda de quantos anos tem. Ele relatou ter bebido a própria urina para sobreviver.

Ursos pardos são conhecidos por guardarem suas presas como estoque alimentício.

Postar um comentário

0 Comentários