Rio registra granizo na após dia de calor intenso

Nas redes sociais, moradores mostravam pedras de gelo que chegaram a quebrar vidros de janelas de algumas casas.
Moradores de Irajá recolheram o granizo que caiu nesta segunda — Foto: Reprodução/Redes Sociais
Tube News, via G1 e SBT Rio
25/02/2019  17h54m
Chuva de granizo foi registrada em bairros como: Vila da Penha, Irajá e Vista Alegre. Temperatura máxima chegou a 38,7ºC, segundo Inmet. Já o Sistema Alerta Rio informou que a sensação térmica chegou a 53,5ºC, em Santa Cruz.

Após mais um dia de calor intenso, o Rio registra chuva de granizo em bairros da Zona Norte na tarde desta segunda-feira (25). Entre os bairros atingidos estão: Vila da Penha, Irajá e Vista Alegre.

Nas redes sociais, moradores mostravam pedras de gelo que chegaram a quebrar vidros de janelas de algumas casas. Há relatos de granizo também em Brás de Pina, Colégio e Vicente de Carvalho. Houve registro de ventos fortes em áreas das Zonas Norte e Oeste.

Na Penha, a chuva provocou formação de bolsões de água e queda de árvore. Por volta das 17h30, havia registro de interdição parcial da Avenida Meriti, na altura da da Oliveira Belo,por queda de árvore.


Na Zona Oeste, a chuva começou por volta das 15h30 e atingia Jacarepaguá, Recreio e Barra da Tijuca, segundo dados da prefeitura. A previsão é de que a instabilidade se espalhe para outros bairros da cidade, diz a prefeitura.

Em Niterói, na Região Metropolitana, a prefeitura decretou estágio de atenção por causa do mau tempo.

De acordo com especialistas, em alguns pontos a chuva pode ser forte com raios e trovoadas. A Marinha divulgou alerta para a possibilidade de ventos fortes, de até 60 km/h no Sul do Rio de Janeiro até a tarde desta quarta-feira (27).

Segundo o Inmet, a máxima chegou a 38,7°C na Vila Militar e a mínima de 23,7°C em Jacarepaguá.

Sensação térmicaDe acordo com o Alerta Rio, o bairro de Santa Cruz, também na Zona Oeste, registrou sensação térmica de 53,5°C, na tarde desta segunda-feira (25), às 13h15. Segundo dados, essa seria a sensação recorde de 2019. No Aeroporto de Jacarepaguá, por volta de 14h, a temperatura marcava 37°C e sensação térmica era de 50°C, segundo dados da Infraero.

A cidade do Rio de Janeiro registrou calor bastante intenso desde o início da manhã desta segunda. Por volta das 7h, a sensação térmica já tinha chegado a 46ºC .

Nesta terça-feira (26), a temperatura máxima deve cair para 33ºC, com a passagem de uma frente fria pelo mar.

A estimativa para medir a sensação térmica geralmente leva em conta a temperatura, a umidade do ar e a velocidade do vento, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC-Inpe).

O Brasil não possui um índice oficial. Ao redor do mundo, há mais de 160 maneiras de cálculo. A sensação térmica também é subjetiva: cada pessoa tem uma percepção do calor ou do frio, sobretudo por causa do índice de gordura corporal.

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião, sempre com respeito:

Tecnologia do Blogger.