Carnaval sustentável: 5 ideias de fantasia e decoração naturais - Tube News

15 fevereiro 2019

Carnaval sustentável: 5 ideias de fantasia e decoração naturais

Glitter, fantasia e até confete podem ser feitos de materiais que não agridem o meio ambiente.
Confete sustentável é feito com folhas caídas (Foto: Referêncial Verde/Reprodução Instagram)
15/02/2019  14h50m
A época mais brilhante no Brasil, o Carnaval, está chegando. Tão importante quanto decidir o destino para curtir o feriado é pensar na sua fantasia e os bloquinhos que você vai acompanhar. E para deixar o clima de festa ainda melhor, reunimos algumas dicas que podem tornar sua diversão mais alegre para a natureza – é que o glitter comum, serpentina e garrafas plásticas, quando descartados incorretamente, podem poluir o meio ambiente. Abaixo, aprenda maneiras de tornar seu Carnaval mais verde.
Confete

Nada de comprar confete pronto! Formado em engenharia ambiental pelo Instituto do Ceará, Vitor Hugo Sampaio, de 25 anos, ajudou a popularizar na internet a ideia do ECOnfete. Trata-se de um confeite feito com folhas, ou seja, um produto natural e biodegradável.

Na página Referencial Verde, a qual Vitor usa para compartilhar diversas dicas sustentáveis no Instagram, ele ensina que o item pode ser feito com folhagens achadas na rua, por exemplo. Depois, basta fazer as bolinhas com um perfurador de papel. “É interessante que ela seja larga para permitir e facilitar a perfuração”, avisa.

Para fazer o ECOnfete, algumas plantas devem ser evitadas, pois podem provocar reações alérgicas. São elas: neem (ou nim) indiano, espada de são jorge, urtiga, comigo-ninguém-pode e pinhão-roxo. “Normalmente plantas que apresentam látex e algumas outras ornamentais”, ele explica. Plantas permitidas são folhas de mangueira, cajueiro e castanholeira. “É importante verificar também se a mesma não apresenta fungos responsáveis pela sua decomposição.”

Após recolher as folhas, faça a higienização com água e sabão neutro, fazendo movimentos suaves para não machucá-las. “Se não for utilizar o material de imediato, recomendo deixar secar ao sol para retirar um pouco da água presente na folha verde, retardando assim o processo de decomposição”, comenta Vitor.

Para transportar o ECOnfete até o bloquinho, use um saquinho de pão ou de pano, que impactam menos o ambiente do que as sacolas plásticas. Além disso, após jogar as bolinhas para o alto, você pode usar o tecido para incrementar a sua fantasia.

FantasiaComprar uma fantasia inteira para usar um só dia pode não compensar, então prefira alugar trajes em lojas especializadas. Outra alternativa é adaptar as roupas que você já tem em casa para economizar. “Caso esteja sem inspiração ou criatividade, pergunte aos amigos ou convide-os para trocar peças de roupas e ajudar na escolha dos acessórios”, recomenda Vitor.

As máscaras também são comuns no Carnaval. Você pode fazê-las a mão com papéis de rascunho, papelão, caixa de leite ou de sapato. Use glitter, tinta colorida, lantejoulas e outros adereços para personalizar a sua – lembrando sempre de procurar materiais sustentáveis.
Use papelão e materiais recicláveis para criar máscaras de Carnaval (Foto: Getty Images)
Na rua
Foi para o bloquinho? Lembre-se de beber água para manter a hidratação, mas cuidado com as brincadeiras com este recurso natural para evitar o desperdício. Como no Carnaval o consumo de bebidas alcoólicas é comum, uma dica é levar seu copo reutilizável e pendurá-lo no braço ou pescoço com uma cordinha. “Isso pode dar um toque intimista e pessoal à festa sem esquecer dos cuidados para com o meio ambiente”, fala Vitor.

Não teve jeito e acabou comprando uma garrafa de plástico, vidro ou latinha? Certifique-se de descartá-la corretamente. Procure saber se o local onde você vai pular o Carnaval possui pontos de coleta seletiva, diminuindo a quantidade de lixo nas ruas.
Arranjo colorido de flores decora o ambiente de forma alegre (Foto: Pixabay/Sofy43/Creative Commons)
Em casa
Se a folia for em casa, é possível organizar uma festa igualmente divertida e sustentável. “As plantas são coringa na decoração. Um vaso alto de cerâmica natural com uma planta alta como o bambu ao lado do sofá ajudam a dar proporção ao ambiente e certo ar de alegria”, sugere Ane Calixto, fundadora da Arquitetura Resolve.

Para quem tem pouco espaço, como nos apartamentos, a opção é usar plantas menores no centro de mesa. “Você pode substituir as plantas por plumas coloridas. Elas darão um toque divertido e super charmoso”, fala Ane. Além disso, as flores podem ser outra opção para criar pontos de cor. Espalhe as suas espécies favoritas pela casa e como é Carnaval, não precisa ter moderação!

Para finalizar, a arquiteta indica cestos e tapetes em fibras naturais, como a de coco ou sisal, para a compor a festa. “Fazer uma hortinha com pequenos vasos apoiados em prateleiras ou estantes também está em alta”, ela diz. Então que tal convidar os foliões para preparar uma ceia antes da folia feita com ingredientes colhidos direto do pomar?
Purpurina

E como o glitter não pode faltar, a indicação é o usar a versão comestível, geralmente usado para doces de confeitarias. “Esses itens são fabricados com microplásticos e/ou folículos de alumínio, causando assim grandes impactos à vida marinha”, alerta Vitor. Outra opção é fazer purpurina na sua cozinha. Aprenda a receita de glitter caseiro da blogueira Gabi Campos:

Ingredientes:
1 colher de sopa de gelatina em pó sem sabor (um pacotinho)
3 colheres de sopa de água gelada
Corante comestível da cor desejada

Materiais:
Borrifador (spray) de água
Tapete de silicone ou uma superfície "plástica"
Pincel largo e macio
Microprocessador de alimentos ou um liquidificador

Como fazer:Coloque a gelatina em pó num potinho de vidro e borrife a água gelada uniformemente, sem misturar. Coloque no microondas por 30 segundos, parando a cada 10 segundos para misturar. Acrescente o corante alimentício e misture bem. Pincele a gelatina na superfície escolhida. Deixe secar por no mínimo 6 horas. Depois de seco, corte a folha em pedaços menores. Por fim, "bata" no microprocessador de alimentos ou em um liquidificador por alguns minutos. Para obter o glitter de dois "tamanhos", use uma peneira.

***
Curte o conteúdo da Globo Rural? Ele também está no Globo Mais. Nesse aplicativo você tem acesso a um conteúdo exclusivo e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, sempre com respeito: