21 fatos sobre a vida em Israel

Gabriel Paciornik mora em Israel há 21 anos e escreveu uma thread esclarecendo equívocos comuns a respeito do país – de política a curiosidades.
Netanyahu, primeiro-ministro de Israe. (Foto: Times of India)
Tube News
07/02/2019  17h26m
O usuário @gabpac, no Twitter, divulgou uma lista muito interessantes de "equívocos comuns" sobre Israel:

Confira abaixo 21 fatos sobre a vida em Israel segundo Gabriel:

"1 - Sempre houve judeus em Israel. Dependendo da época, havia uma população maior ou menor. Quase sempre concentrada em Tiberíades, Jerusalem e Hebron. O sionismo moderno só começou a trazer imigrantes a partir do fim do sec 19. Mas já haviam judeus aqui.

2 - Verdade que o falafel não foi inventado em Israel. Mas comer assim dentro de uma pita em forma de bolso, com salada e tehina, foi invenção israelense dos anos 50.

3 - Teve um show do Roger Waters aqui. E eu fui! E foi espetacular! Waters só se tornou hostil a Israel depois dessa viagem. Vai que o hummus que ele comeu fez mal.

4 - O governo de Israel é parlamentarista e extremamente dividido. No final das contas, pouco mais de 30% dos votos válidos foram para o Likud do Bibi Netanyahu nas últimas eleições.

5 - "Não pode criticar o governo de Israel que já é acusado de antissemitismo!" - Se fosse assim, 98% da população de Israel seria acusada de antissemitismo. Pode criticar à vontade. O que é problema é negar o direito de existência de Israel.

6 - Israel usa água dessalinizada sim. Mas desde os anos 60 há um projeto enorme de remanejamento e uso de água de forma correta. Israel desperdiça menos de 10% da sua água.

7 - Israel dá a impressão de ser um país extremamente rico. É um país "classe média alta" na verdade. Cheio de problemas de 3o mundo também. Até os anos 80, Israel era um país relativamente pobre. Até hoje os edifícios nas cidades carregam a feiura dessa época. Só agora está mudando.

8 - A ajuda militar dos EUA para Israel é de U$4bi. O PIB de Israel é de 350bi. Ou seja: Israel não vive às custas dos EUA. Na verdade, tem MUITA gente que é contra essa ajuda porque ela dificulta o crescimento de certas indústrias locais.

9 - Já repararam que de toda a tecnologia e indústria bélica de Israel, não há a produção de aviões? Israel tentou produzir seu próprio avião nos anos 80/90. O projeto Lavi acabou ficando caro e sendo deixado de lado. É resultado direto dessa "ajuda" americana.

10 - Aliás, essa ajuda não é em forma de dinheiro, e sim de equipamentos e munição. Israel não pode revender nem os equipamentos nem a tecnologia que bota nesses equipamentos sem explicita autorização dos EUA. É ruim para Israel, é péssimo para a industria local. É ótimo para os EUA

11 - Israel tem uma indústria bem subdesenvolvida para seu PIB. Não há produção de quase nenhum produto de consumo por aqui. Trabalhei com desenho industrial. Quase todos os serviços eram para empresas estrangeiras. As locais produziam tudo na China.

12 - Israel é um dos países mais "liberais nos costumes" do mundo. Certamente do OM. Casais gays andam de mãos dadas em Tel-Aviv como se estivessem na Castro. Aborto é legal e simples. Drogas não são liberadas, mas se vê gente fumando maconha na rua.

13 - No ensino médio por aqui os adolescentes estudam uma espécie de OSPB. Aprendem as leis básicas, como funciona a Knesset, o que faz um presidente, um primeiro ministro, um deputado. Yossi Sarid, antigo presidente do Meretz e que foi min da educação nos anos 90 (continua).

14 - (segue) chegou a dar aulas disso depois que saiu da política. De graça, por senso cívico. Onde? Em Sderot, cidade periférica, pobre que que leva tiros de foguetes de Gaza desde 2003.

15 - Há terríveis cheias nos desertos de Israel durante o inverno. É água que vem escorrendo de longe, e desce o leito seco levando tudo junto. Neste outono morreram uns 20 jovens que faziam passeio por lá durante uma tempestade.

16 - Israel deve BILHÕES de dólares para o Irã!!!! Antes da revolução de 79, Israel e Irã eram parceiros comerciais. Construiram juntos um oleoduto do porto de Ashdod até Eilat. Projeto secretíssimo até hoje. Os royalties do uso do oleoduto desde 79 não foram pagos.

17 - Esse projeto de oleoduto só saiu na imprensa recentemente por conta de um vazamento de óleo no meio do deserto do Aravá. A maior tragédia ecológica em Israel. Ainda assim, quase nenhum detalhe foi divulgado.

18 - Morei por muitos anos em Beer-Sheva. Lá é comum ver mulheres metidas em burkas, nikabs e afins. Todas árabes beduinas. As judias, mesmo as muito religiosas, raramente vão usar algo remotamente parecido.

19 - Exército em Israel é obrigatório. Servem homens (3 anos), mulheres (2 anos), judeus, druzos e árabes (se forem voluntários). Ortodoxos não servem por motivos históricos e políticos. Até hoje briga-se na Knesset por esse assunto.

20 - Gatos. Muitos gatos. Gatos EVERYWHERE em Israel. É uma peste que fugiu de controle. Há muito poucas opções humanizadas para resolver esse problema. O povo acabou se acostumando, adotando os gatos da rua, dando comida. Em torno de 1/3 são esterilizados. Não adianta nada.

21 - Muitos brasileiros, nessa onda de Esquerda x Direita, exporta seus conceitos para políticas de outros países. Aqui, ser de direita ou de esquerda, significa coisas bem diferentes das no Brasil."


Saiba mais sobre Gabriel Paciornik em gabpac.com

Um comentário:

Deixe sua opinião, sempre com respeito:

Tecnologia do Blogger.