Sirene não foi acionada, dizem moradores de Brumadinho

Corpo de Bombeiros confirmou que 200 pessoas estão desaparecidas, após o rompimento da barragem, na tarde desta sexta-feira (25).
Moradores ficaram desabrigados depois de desastre. Foto: R7 Minas

Tube News, via R7


26/01/2019  08h17m
Moradores de Córrego do Feijão, distrito de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, afirmaram que a sirene que deveria ter alertado sobre o rompimento da barragem, nesta sexta-feira (25), não foi acionada. Segundo o Corpo de Bombeiros, há informações de 200 a 300 desaparecidos.

A operadora de máquinas Maria Aparecida dos Santos, de 42 anos, teve a casa levada pela lama. A mulher relata que foi avisada por vizinhos.

— Eles gritaram e eu saí correndo. A cena da lama vindo foi aterrorizante.

Após sair da parte baixa da comunidade, Maria Aparecida ajudou a socorrer uma adolescente que estava no meio dos rejeitos.

— Eu vi ela batendo para não afundar e corri para puxá-la.

Veja vídeo do Jornal Hoje em Dia:

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião, sempre com respeito:

Tecnologia do Blogger.