Grupo de muçulmanos ataca igreja evangélica em Gana

Em Gana, mais de 70% da população de se identifica como cristã - AFP/Arquivos
Tube News, via IstoÉ e AFP
04/01/2019  10h10m
Um grupo de jovens muçulmanos atacou uma igreja evangélica em Acra, capital do Gana, depois que seu pastor previu a morte do principal imã do país em 2019, disseram fontes religiosas à AFP.

Armados com facões e pedaços de pau, os jovens atacaram um agente de segurança na entrada da igreja na quarta-feira depois de jogarem pedras nas janelas e quebraram os móveis e instrumentos de música.

Durante seu tradicional sermão na véspera de Ano Novo, o reverendo Isaac Owusu-Bempah previu a morte da principal autoridade muçulmana do país, o xeque Usman Nuhu Sharubutu, e o vice-presidente dos Muçulmanos de Gana, Mahamudu Bawumia.

O Sheik Sharubutu condenou os ataques. “Gana é respeitada no mundo pela coexistência pacífica entre cristãos e muçulmanos, somos orgulhosos e nada precisa nos dividir”, declarou à AFP.

Por sua parte, o Conselho Pentecostal de Gana, que supervisiona as atividades religiosas das igrejas evangélicas, condenou a violência, assim como a controvertida profecia.

Postar um comentário

0 Comentários