Tumba intocada de 4,4 mil anos é descoberta no Egito

Achado é considerado um fato único nas últimas décadas, e autoridades dizem que mais tesouros ainda podem ser encontrados no local.
A descoberta está sendo descrita como um fato único nas últimas décadas. — Foto: Reprodução/BBC
Tube News, via BBC
17/12/2018 19h27m
Uma tumba de 4,4 mil anos acaba de ser descoberta no Egito. É o local do descanso final de um alto sacerdote.

Clique aqui para conferir o vídeo

A tumba foi achada em uma pirâmide no complexo de Saqqara, próximo da capital, Cairo. Estava preservada e nunca foi saqueada.

“Ao fazer escavações, deixamos uma última camada de detritos”, disse Mostafa Wazari, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do país.
Estátuas de socorro são vistas no túmulo recentemente descoberto da Purificação Real do Sacerdote durante o reinado do Rei Nefer Ir-Ka-Re, chamado "Wahtye", no local da pirâmide de degraus de Saqqara, em Gizé, Egito, no sábado, dez. 15, 2018. A Missão Arqueológica Egípcia que trabalha na Necrópole de Animais Sagrados no sítio arqueológico de Saqqara conseguiu descobrir a tumba, anunciou o Ministro de Antiguidades Khaled el-Anani (AP Photo / Amr Nabil) — Foto: AP Photo/Amr Nabil

“Quando a retiramos, há dois dias, encontramos cinco novas passagens que estavam fechadas.” As paredes estão decoradas com estátuas coloridas e escritos dos faraós.

A descoberta está sendo descrita como um fato único nas últimas décadas.   Autoridades dizem que mais tesouros ainda podem ser achados no local.

Postar um comentário

0 Comentários