Surfista sobrevive após correnteza arrastá-lo por 10 km em alto mar - Tube News

@otubenews

06 novembro 2018

Surfista sobrevive após correnteza arrastá-lo por 10 km em alto mar

Força da maré fez com que a vítima percorresse, aproximadamente, 10 quilômetros entre três cidades do litoral de São Paulo.
Tripulantes lançaram boia para socorrer surfista em mar aberto em Santos, SP — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Tube News, via G1
06/11/2018  08h52m
Um surfista foi resgatado pela tripulação de um navio nas proximidades do Porto de Santos, no litoral de São Paulo, após ser levado pela correnteza, informou o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) do Corpo de Bombeiros nesta terça-feira (6). A vítima percorreu, pelo menos, 10 quilômetros e três cidades antes do resgate.

Segundo os bombeiros, o surfista entrou no mar na região do bairro Canto do Forte, em Praia Grande, quando foi surpreendido pela força da maré em uma área afastada da arrebentação das ondas. Ele relatou que não conseguiu retornar à praia e deixou se levar pela forte correnteza ao permanecer em cima da prancha.

Sem forças para remar contra a maré, a vítima atravessou a divisa marítima com São Vicente (SP) até chegar à Baía de Santos (SP), nas proximidades do canal de acesso ao porto, utilizado pelos navios de grande porte. Tripulantes de um navio que estava nas proximidades o viram em perigo e lançaram uma boia.
Surfista recebeu roupas secas e pode descansar antes da chegada dos bombeiros — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
O rapaz foi levado a bordo pelos estrangeiros, que o entregaram um macacão para se aquecer. A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) foi acionada e comunicou uma equipe do Corpo de Bombeiros, que encaminhou uma lancha até o navio para socorrer o surfista, cujo estado inspirava cuidados.

Os bombeiros retiraram a vítima do navio e notaram que, apesar de cansado, ele estava em boas condições. O quadro clínico foi assegurado por uma equipe de resgate, em terra, que o aguardava para examiná-lo. Ele não precisou ser levado ao hospital e seguiu de volta à Praia Grande acompanhado da família.
Postar um comentário