Igreja transmite pastor sendo baleado em culto - Tube News

@otubenews

13 novembro 2018

Igreja transmite pastor sendo baleado em culto

Imagens mostram que o homem se coloca na frente do altar no momento em que uma pregação é feita. Ele atira na direção de um dos pastores e o público entra em pânico.
Pastor é baleado em igreja — Foto: Reprodução/TV Diário
Tube News, via G1
13/11/2018  08h04m
A igreja evangélica onde um pastor foi baleado durante o culto neste domingo (11), em Mogi das Cruzes, transmitiu ao vivo por uma rede social o momento em que o homem fez os disparos. O pastor foi encaminhado para um hospital, onde passou por cirurgia.

O atirador é Werley Silva Souza, de 30 anos, que foi detido por fiéis até a chegada da polícia. Ele foi espancado e precisou de atendimento médico e foi levado para o Hospital Luzia de Pinho Melo e, depois, para o 1º Distrito Policial da cidade, onde ficou preso. O homem já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

As imagens mostram que o atirador está com um capacete em uma mão e com a arma na outra. O homem se coloca na frente do altar, no momento em que uma pregação é feita. Ele atira na direção de um dos pastores. As pessoas que estavam no altar se abaixam e fogem. O público entra em pânico.

O homem faz vários disparos em direção a um dos pastores e, depois, é dominado.

A Polícia Militar foi acionada e informou inicialmente que o pastor não corre risco de morte.

A igreja fica na Avenida Lothar Waldemar Hoenne, conhecida como Perimetral. A arma foi apreendida.

Segundo a polícia, o homem disse, em um primeiro momento, que entrou no culto para roubar.

"A situação foge da característica de um roubo que o indivíduo anuncia o assalto e vai atrás de uma vítima. No crime, o autor chegou atirando na vítima e a todo momento procurava por ela para efetuar o disparo. Agora a Polícia Civil vai colher todas as informações, vai ouvir testemunhas e puxar a vida pregressa de ambos", explica o capitão da PM Alex Amaral.

O suspeito aguarda a audiência de custódia que vai decidir se ele responde em liberdade ou não.


Veja vídeo:
Postar um comentário