Tentativa de assalto em aeroporto de PE tem seis mortos

De acordo com informações da Polícia Federal, o grupo agia na Bahia e Pernambuco. Eles tentavam roubar um avião de transporte de valores na pista de pouso do aeroporto de Salgueiro.
Os homens foram mortos durante uma ação da polícia — Foto: PRF /Divulgação
Tube News, via G1
Seis homens foram mortos e um ficou ferido nesta terça-feira (26) durante uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e Polícias Militar de Pernambuco e da Bahia. Os homens faziam parte de uma quadrilha que estava tentando assaltar um avião de transporte de valores na pista de pouso do aeroporto de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. O dinheiro seria utilizado para abastecer um banco da cidade.

De acordo a PF, os assaltantes invadiram a pista no momento da aterrissagem do avião e abordaram o os vigilantes dos carros-fortes que transportariam o dinheiro. Os bandidos atiraram no piloto e o obrigaram a parar a aeronave. Durante a tentativa de roubo teve troca de tiros entre a polícia e os criminosos. Nenhuma quantia foi roubada.

Seis homens que faziam parte da quadrilha morreram, Francieldo do Nascimento Silva, de 47 anos; Cláudio aprígio da Silva Neto, de 46 anos; Alex Gonçalves dos Santos, de 37 anos; Galdioso Moura da Silva, de 47 anos; Renato Vieira dos Santos, de 51 anos e Rafael Rosrigues Pereira, de 36 anos, que morava em condomínio de luxo em Juazeiro, na Bahia. Ficou ferido Martins Simão dos Santos, de 48 anos.

Com os suspeitos mortos, a polícia encontrou seis fuzis AK 47 e uma metralhadora ponto 50 que estava instalada em um dos veículos utilizados. A polícia disse que continua realizando buscas por outros integrantes da quadrilha. O piloto do avião foi socorrido e, conforme informações do hospital, está em condições estáveis.

Dois integrantes da quadrilha foram detidos e devem prestar depoimentos. Quatro conseguiram fugir sem levar nada, e estão sendo procurados. De acordo com a polícia, alguns mantinham negócios em fazendas exportadoras de frutas no Vale do São Francisco, para justificar o enriquecimento ilícito.

Segundo a polícia, o grupo vinha sendo investigado há quase três anos. O grupo é acusado de praticar assaltos a bancos e carros-fortes no interior da Bahia e em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Em um dos assaltos, na cidade baiana de Bom Jesus da Lapa, dois policiais foram mortos.

Tube News, via G1

Nenhum comentário

Deixe sua opinião, sempre com respeito: