Marcos Tirapelli desponta entre os favoritos a Mister Brasil - Tube News

@otubenews

20 agosto 2018

Marcos Tirapelli desponta entre os favoritos a Mister Brasil

Modelo sonha vencer o concurso para facilitar o sonho de trabalhar como ator na TV.
Marcos Tirapelli diz não absorver a pressão psicológica dos bastidores dos concursos de beleza. (Foto: Davi Borges / Divulgação)
Não é nada fácil a missão de Marcos Vinícius Tirapelli: ele quer repetir a façanha do atual Mister Brasil Bruno Poczinek.

Ambos nasceram no Paraná e se tornaram representantes do estado vizinho, Santa Catarina, no concurso que elege o homem mais bonito do Brasil.

O policial militar vai passar a faixa no dia 10 de dezembro. Tirapelli quer manter o título no belo estado do sul.

Para isso, divide-se entre os trabalhos como modelo, a Odontologia e a preparação para o concurso nacional: alimentação regrada e treinamento físico intenso.

Aos 26 anos, ele mantém 78kg em 1,84m de altura. Já trabalhou para marcas como Calvin Klein e Tommy Hilfiger, e sonha desfilar e estrelar campanhas para Armani, Hugo Boss e Dolce & Gabbana.

Sua maior inspiração é o catarinense Marlon Teixeira, um dos modelos mais valorizados no planeta. “Quero continuar no mundo da moda, mas meu projeto é atuar na televisão”, afirma.

O blog conversou com Tirapelli a respeito de vaidade, assédio e guerra de ego nos concursos.
Marcos Vinícius Tirapelli quer suceder o atual Mister Brasil Bruno Poczinek em dezembro. (Foto: Davi Borges e Wagner Vieira / Divulgação)
Como chegou ao título de Mister Santa Catarina?
Participei de um concurso em Minas Gerais em 2013. Não ganhei, mas fiquei entre os finalistas. Continue a trabalhar como modelo, sem me inscrever em outras competições de beleza. Aceitei voltar este ano pelo histórico positivo desse concurso e o profissionalismo dos organizadores do Sindicato Pró-Beleza. Tive o apoio de amigos e alguns patrocinadores.

É muito vaidoso?
A minha vaidade é sempre estar bem comigo mesmo. Faço dieta e malho regularmente.

Homens bonitos que se expõem são frequentemente vistos e tratados como objeto de prazer. Isso o incomoda?
É algo normal. Muitas pessoas desejam ter o mesmo corpo, e acabam também se inspirando em nós. Levo na esportiva, nunca me senti desrespeitado.

E o assédio?
Lido com tranquilidade. Trato bem todas as pessoas. Não discrimino ninguém. Dessa maneira, imponho respeito.

Já foi alvo de inveja?
Todos que têm visibilidade na mídia, querendo ou não, serão vítimas de algum invejoso. No caso dos modelos e misters, muitos homens queriam estar no nosso lugar. Mas procuro não pensar nisso para não absorver sentimentos negativos.

Há muita competição nos bastidores dos concursos de misters?

Sempre tem alguém que se sente ameaçado ou que demonstra inveja. Muitas vezes, esse tipo de pessoa faz brincadeiras inconvenientes ou diz coisas pesadas apenas para gerar pressão psicológica e desestabilizar os concorrentes. Mas dá pra criar amizades verdadeiras entre os candidatos.

Postar um comentário