Astronauta fotografa furacão Lane que se aproxima do Havaí - Tube News

@otubenews

23 agosto 2018

Astronauta fotografa furacão Lane que se aproxima do Havaí

O americano Ricky Arnold está desde março no espaço e registrou fenômeno na manhã desta quarta-feira (22).
Furacão Lane atinge categoria 5 na tragetória para o Havaí (Foto: Ricky Arnold/Twitter)
Tube News, via G1
O astronauta americano Ricky Arnold registrou na manhã desta quarta-feira (22) o furacão Lane, que chegou a atingir a categoria 5, a máxima possível, mas enfraqueceu um pouco e se aproxima do Havaí. Arnold está desde março a bordo da Estação Espacial Internacional e foi enviado pela agência espacial americana (Nasa).

Com a aproximação do furacão, o presidente americano Donald Trump declarou estado de emergência no Havaí nesta quinta-feira (23), liberando fundos federais diante da passagem iminente do furacão Lane pelo arquipélago.

As autoridades americanas informaram que Lane havia enfraquecido ligeiramente, tornando-se um furacão de categoria 4. Ainda assim, ele constitui uma ameaça com ventos de até 215 km/h, chuva forte e ondas perigosas.

O fenômeno deve atingir as principais ilhas havaianas entre esta quinta-feira à tarde e sexta-feira, segundo NOAA.

A Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) advertiu que Lane poderia produzir "chuvas excessivas" nas ilhas durante o fim de semana, causando "inundações e deslizamentos perigosos para a vida humana".

A proclamação do estado de emergência proporciona à Agência Federal de Emergência (FEMA) "a ajuda adequada para medidas de emergência", explicou a Casa Branca em um comunicado.

Trump pediu aos moradores que se prepararem, enquanto a Marinha afirmou que está movendo alguns de seus navios e submarinos para evitar que sejam pegos no porto quando o furacão chegar.

De acordo com o último boletim do Centro Nacional de Furacões do Pacífico (CPHC), Lane está a 370 quilômetros da costa de Kailua-Kona e 540 quilômetros de Honolulu, capital do estado.

Os furacões não costumam atingir a terra firme no Havaí, onde a última grande tempestade a atingir o estado foi há quase três décadas, quando o furacão Iniki chegou na ilha de Kauai, deixando seis mortos e causando danos de milhares de dólares.

Tube News, via G1
Postar um comentário