A misteriosa lenda da caverna onde meninos tailandeses ficaram presos - Tube News

@otubenews

18 julho 2018

A misteriosa lenda da caverna onde meninos tailandeses ficaram presos

Há uma história sobre a caverna onde os 12 meninos e seu treinador estavam presos - segundo ela, o local seria parte do corpo de uma princesa chamada Jao Mae Nang Non, que teve uma trágica história de amor.
Doze adolescentes e seu técnico de futebol sumiram após entrar em complexo de cavernas. Depois de dez dias de procura, foram achados vivos. (Foto: Getty Images)
Tube News
O nome da caverna que os meninos entraram é Them Luang Nang Non, que significa, em tradução livre, "a grande caverna da moça deitada". Acredita-se que tal caverna é habitada pelo espírito de Jao Mae Nang Non, uma princesa do reino Lanna.

Essa Princesa era muito apaixonada por um plebeu e acabou engravidando, porém seu pai, o Rei, jamais permitiria que eles ficassem juntos, foi então que eles decidiram fugir. Enquanto seu amante saiu em busca de comida, ela se abrigou na tal caverna.

O rapaz nunca voltou, foi encontrado e morto pelos soldados do Rei... Ela, quando descobriu, se esfaqueou até a morte.... Seu corpo deitado se tornou as montanhas, seu sangue o famoso, localmente, rio Mae Nam Mae Sai, e seus genitais a tal caverna.

Ela então se tornou o sagrado espírito que governa as montanhas de Chang Rai... Assim, quando descobriu-se que os meninos haviam desaparecido dentro da caverna, diversas pessoas começaram a prestar homenagens, acender incensos e velas e rezar no pequeno templo dessa caverna.
Artigo original sobre esta história. (Foto: reprodução/ Twitter)

Ainda antes de encontrar os meninos, os locais foram bem incisivos, que de havia essa necessidade de se comunicar com o governante da caverna, pois com certeza, a princesa tinha participação nessa situação.

Em um distrito próximo, já em Myanmar, tem um monge o qual acreditam ser a reencarnação do tal amante da princesa. Pois bem, trouxeram lá o monge pra dialogar com a mulher.

Nessa conversa, o monge voltou falando que os meninos seriam encontrados com vida, porém em retorno, alguém teria que ficar lá com ela.... Vários outros monges foram fazer vigília na caverna, as autoridades tailandesas organizaram novos altares onde eram feitas diversas ofertas.

Podia-se ver bebidas, comidas, velas, incensos e até uma cabeça de Javali foi ofertada. Vigílias de oração foram organizadas por todo o país. Os resgatistas tinham que usar representações e símbolos de Buddha, os mergulhadores tbm usavam braceletes budistas.

Os locais foram pedir perdão aos espiritos por todo o mal que causaram à natureza, pedindo que eles liberassem as crianças.

Todos do time foram resgatados com vida. Mas teve a morte de um dos melhores e mais experientes mergulhadores da marinha Tailandesa, o Saman Gunan. É assim que a tecnologia moderna e a espiritualidade funcionam juntas na Tailândia.

Por Paula Riker
Tube News
Postar um comentário