Porteiro é incendiado em Teresópolis, RJ - Tube News

@otubenews

20 junho 2018

Porteiro é incendiado em Teresópolis, RJ

Família de Jefferson Quintanilha, de 23 anos, pede Justiça. Polícia identificou, mas ainda não localizou o agressor, flagrado por câmeras de segurança de um condomínio em Teresópolis.
Homem joga gasolina, acende isqueiro e coloca fogo em porteiro no RJ. (Foto: reprodução/Tube News)
Tube News
O porteiro, Jefferson Quintanilha, de 23 anos, que foi incendiado enquanto trabalhava em um condomínio de Teresópolis, na Região Serrana do Rio, foi transferido de helicóptero, na tarde desta quarta-feira (20), para o Hospital Estadual Vereador Melchiades Calazans, em Nilópolis, no Rio de Janeiro. A unidade é especializada em queimaduras.

O Hospital das Clínicas de Teresópolis (HCT), onde Jefferson estava internado aguardando a transferência, disse que ele está em estado grave. Os bombeiros disseram que ele teve 50% do corpo queimados.

A família pede por Justiça e disse que não aceita que isso tenha acontecido com o jovem, que é tranquilo e muito focado.

"A gente não entende porque ele não é de bagunça, festa, nem de muitos amigos. Como que faz isso com um ser humano que está trabalhando? ", questiona a irmã.

O HCT afirmou que no local "foram realizados os cuidados iniciais à vítima de queimadura".


Veja vídeo:

Segundo informações da 110ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado, a vítima não tem nenhuma anotação criminal. A unidade informou que as possíveis motivações para a tentativa de homicídio são investigadas.

De acordo com a Polícia, o suspeito de cometer o crime, Marcelo Cavalcante Gomes, foi identificado e já foi pedido à Justiça o mandado de prisão temporária.

Câmera flagou ação
O crime aconteceu nesta terça-feira (19) no Conjunto Habitacional Fazenda Hermitage, onde moram vítimas da tragédia que atingiu a Serra do Rio em 2011.

O vídeo cedido pela Polícia Militar (PM) mostra o suspeito chegando próximo à cabine da portaria. Na imagem, é possível ver que ele fica parado por alguns segundos enquanto abre o galão de gasolina. Em seguida, ele entra na cabine e joga o combustível no rosto do porteiro, ateando fogo com um isqueiro.

Em seguinte, o porteiro, que estava trabalhando, sai correndo em chamas, enquanto o agressor sai calmamente do local. Um outro homem, que conversava pelo interfone, do lado de fora da cabine, viu toda a ação e ficou estático.

Os bombeiros disseram que foram acionados às 16h09 desta terça-feira (19) e quando chegaram ao local encontraram a vítima em pé e lúcida na rua.


Por Aline Rickly, G1, Teresópolis
Postar um comentário