Rio de lava avança no Havaí e ameaça isolar bairros - Tube News

@otubenews

31 maio 2018

Rio de lava avança no Havaí e ameaça isolar bairros

Autoridades recomendaram que moradores deixem área de Kapoho, que foi destruída por lava em 1960.
Lava do Kilauea, no Havaí, é lançada através de uma fissura no solo (Foto: US Geological Survey / via AFP Photo)
Tube News
Um rio de lava do vulcão Kilauea ameaçava nesta quarta-feira (30) isolar vários bairros da principal ilha do Havaí, com as autoridades recomendando a saída da população.

"A lava de várias fissuras continua avançando para a área de Kapoho", uma zona que foi destruída pelo Kilauea em 1960, informou a Defesa Civil.

"Recomendamos aos moradores de Kapoho Beach Lots e Vacationland que abandonem os bairros. Vocês correm o risco de ficar isolados devido a possível inundação de lava da (estrada) Beach Road", advertiu a Defesa Civil.

Mais cedo, as autoridades informaram que um rio de lava da fissura 8 bloqueou uma importante autopista e destruiu uma instalação elétrica, gerando um apagão na zona.

As comunicações telefônicas foram interrompidas e se recomendou a saída das áreas próximas.

O rio de lava se movia em entre 0,02 e 0,15 m/s.

Um tremor de magnitude de 4,5 foi registrado às 11h (21h em Brasília), com epicentro situado na cratera.

Até o momento, cerca de 2 mil pessoas abandonaram seus lares devido à lava do Kilauea, que já destruiu 71 residências.

A lava cobre uma área aproximada de 9,5 km², e boa parte do fluxo termina no mar, criando um fenômeno chamado "laze", palavra em inglês formada por "lava" e "haze" (névoa), que produz uma mistura irritante de ácido clorídrico (HCl), vapor e pequenas partículas de vidro vulcânico.

Os cientistas acreditam que a atividade vulcânica pode antecipar uma erupção maior, como a que ocorreu em meados da década de 1920.

Por France Presse
Postar um comentário