RELEMBRE GRANDES TRAGÉDIAS QUE FORAM FILMADAS

Reunimos alguns fatos, fotos e vídeos de acontecimentos que marcaram gerações, tamanho o impacto da tragédia, através de registros fotográficose filmagens
Ônibus espacial Challenger explodindo. (Foto: TheJournal.ie)


Tube News
A explosão do ônibus espacial Challenger
O Challenger foi o segundo ônibus espacial construído pela NASA, finalizado em julho de 1982, que fez parte da sua frota de 5 ônibus espaciais. Sua primeira missão foi a STS-6, realizada entre os dias 4 a 9 de abril de 1983. Foi ao espaço apenas 10 vezes ao longo de 3 anos de operação, se tornando o ônibus com menos missões realizadas.

No ano de 1986, o Challenger sofreu o primeiro acidente no programa com ônibus espaciais. No dia 28 de janeiro, 73 segundos após o seu lançamento, iniciando a missão STS-51-L, a espaçonave explodiu em pleno ar, matando todos os 7 astronautas tripulantes do ônibus espacial. Essa missão destacou-se por ter como tripulante Christa McAuliffe, a primeira professora civil a voar em uma viagem espacial. Christa daria duas aulas de 15 minutos do espaço para 2,5 milhões de alunos, fazendo parte do Projeto Professor no Espaço.
Ônibus espacial Challenger. (Foto: NASA)

Este acidente paralisou as missões do ônibus espaciais por meses, durante os quais foi realizada uma extensa investigação que chegou à conclusão de que uma anilha provocou toda a tragédia. As investigações foram lideradas pelo físico Richard Feynman, que explicou em uma coletiva ao vivo que algumas anilhas expandiam e contraiam-se à medida em que a sua temperatura variava.


Desabamento em Jerusalém


A celebração de um casamento acabou em tragédia quando o prédio em que era realizada a festa desmoronou. Dos 700 convidados, 25 morreram e 300 ficaram feridos. O acidente aconteceu em 2001, em Jerusalém.




O fim de Hindenburg


Um dos símbolos de poder e avanço do nazismo teve seu fim em 6 de maio de 1937. O dirigível Hindenburg chegava aos Estados Unidos com 97 ocupantes quando, durante o pouso, um incêndio tomou conta da aeronave. Ao todo, 36 pessoas morreram.



Herbert Morrison, locutor da rádio WLS Chicago, narrou o acidente, e a frase “Oh, a humanidade” entrou para a história da cultura popular estadunidense.


Incêndio durante um jogo de futebol


Em 11 de maio de 1985, um jogo marcou a história do futebol inglês. Um incêndio tomou conta das arquibancadas, levando centenas de pessoas a correrem desesperadamente pelo estádio. Martin Fletcher, um dos sobreviventes da tragédia que vitimou 56 pessoas, escreveu um livro sobre sua teoria de que o incêndio foi premeditado.

Com o título de “Fifty-Six – A História do Incêndio de Bradford”, a obra conta sobre como Stafford Heginbotham, dono do estádio, era ligado a outros oito negócios que também pegaram fogo. Além disso, dias antes do incidente, Heginbotham recebeu a notícia de que deveria adaptar o estádio a novos parâmetros de segurança, totalizando um custo de £ 2 milhões.


O autor do livro perdeu nessa tragédia o irmão Andrew, de 11 anos, o pai, John, de 34, o tio Peter, de 32, e o avô Eddie, então com 63 anos. 


Show aéreo mata 70 pessoas



Em 26 de agosto de 1988, milhares de pessoas se reuniram em um domingo ensolarado para assistir a um show da esquadrilha acrobática italiana “Frecce Tricolori”. Durante a apresentação, três aviões se chocaram e um caiu sobre a multidão, matando 3 pilotos, 67 espectadores e deixando centenas de feridos.



Maior acidente em shows aéreos

Outro show aéreo acabou em tragédia quando um avião militar supersônico caiu e explodiu em cima de centenas de pessoas, matando 78 e deixando 115 feridas.


Incêndio durante um show

Em 2003, a banda Great White realizou um show na danceteria The Station, nos Estados Unidos. A casa estava lotada, com cerca de 450 pessoas. Logo no início da apresentação, a banda usava fogos de artifício nas laterais do palco. Nesse dia fatídico, um incêndio aconteceu quando as chamas dos fogos de artifício alcançaram o isolamento acústico do teto. Algo bem semelhante à tragédia na boate Kiss, em Santa Maria. Ao todo, 100 pessoas morreram e 230 ficaram feridas.



Queda no mar

Em 1996, um Boeing da Ethiopian Airlines foi sequestrado por um grupo de etíopes durante a conexão entre Addis Abeba, Nairóbi e Abdiján. Devido à falta de combustível, o avião caiu no mar vitimando 125 pessoas.

Texto de Mega Curioso e Wikipedia
Fontes: BBC | Air Ships | Motherload VICE | Trivela | Panorama | Ultimate Classic Rock
Tube News
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.