HAVAÍ DÁ 1º PASSO: PROIBIR FILTRO SOLAR TÓXICO PARA CORAIS

Parlamentares do Havaí aprovaram a proibição da venda e distribuição de filtro solar com produtos químicos que podem prejudicar os recifes de corais.
(Foto: ilustração)
Tube News
Se o governador David Ige sancionar o projeto, que entrará em vigor em 1º de janeiro de 2021, o Havaí se tornará o primeiro estado do país a promulgar tal lei.

A proibição é contra oxibenzona e octinoxato, dois produtos químicos que são encontrados em protetores solares comuns.

De acordo com estudo de 2015 , os ingredientes fazem com que o DNA do coral sofra mutação enquanto ainda está em fase larval, o que impede que ele cresça adequadamente e se torne mais suscetível ao branqueamento.

“Surpreendentemente, esta é uma lei inédita no mundo”, disse o senador Mike Gabbard ao Honolulu Star-Advertiser por e-mail.

“Então, o Havaí está definitivamente na vanguarda ao proibir esses produtos químicos perigosos em protetores solares.

“Quando você pensa sobre isso, nossa ilha paradisíaca, cercada por recifes de corais, é o lugar perfeito para definir o padrão ouro para o mundo seguir. Isso fará uma enorme diferença na proteção de nossos recifes de corais, vida marinha e saúde humana”, afirmou.

O projeto foi apoiado pelos Amigos da Baía de Hanauma, Sustainable Coastlines Hawaii, Surfrider Foundation e uma série de grupos ambientais sem fins lucrativos, bem como o Office of Hawaiian Affairs.

A empresa se opôs à ABC Stores, à Associação Médica do Havaí, à Associação da Indústria de Alimentos do Havaí, à Câmara de Comércio do Havaí e ao Conselho de Produtos de Higiene Pessoal, bem como à Bayer, que fabrica protetores solares da Coppertone.


Alguns especialistas se opõem à proibição.

Eles acreditam que isso levará mais pessoas a negligenciar completamente a proteção solar, o que poderia levar ao câncer de pele.

A proibição, no entanto, não afeta protetor solar que é trazido para o estado por turistas, nem se aplica a protetores solares prescritos.

Mesmo assim, filtros solares não-tóxicos estão atualmente disponíveis para compra no estado.

Com informações do GNN e StarAdvertise
Tube News
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.