EUA: TIROTEIO EM ESCOLA NO TEXAS; HÁ 10 MORTOS, SEGUNDO GOVERNO - Tube News

@otubenews

18 maio 2018

EUA: TIROTEIO EM ESCOLA NO TEXAS; HÁ 10 MORTOS, SEGUNDO GOVERNO

Nove alunos e um professor morreram, segundo emissora de TV. Polícia deteve como suspeito Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos, integrante do time de futebol da escola e parte da equipe de dança de uma Igreja Grega Ortodoxa local.
Policiais atendem ao chamado depois de tiroteio em escola em Santa Fe, região de Houston, no Texas. (Foto: Xerife do Condado de Harris/Reuters)

Tube News
Um tiroteio dentro de uma escola de ensino médio em Santa Fe, região de Houston, no Texas, deixou dez mortos, segundo o governador Greg Abbott. Nove mortos eram alunos e um era um professor, segundo a NBC.

Dimitrios Pagourtzis, de 17 anos, foi detido sob suspeita de ser o atirador e acusado de homicídio, sem direito a fiança. Ele é integrante do time de futebol da escola e parte da equipe de dança de uma Igreja Grega Ortodoxa local.

Segundo a Associated Press, ele teria dito a policiais após ser preso que tinha intenção de se matar também, mas não teve coragem.

Uma segunda pessoa que pode ter conexão com o caso -- e que se acredita ser outro estudante -- também foi detida, disse o xerife. As acusações contra essa pessoa ainda não foram especificadas.

A emissora NBC diz que Pagourtzis abriu fogo dentro de uma sala de aula, onde entrou carregando três armas: uma espingarda, um rifle de assalto e uma pistola.

Além disso, artefatos explosivos foram encontrados dentro e fora da área da escola, incluindo um coquetel molotov.
Equipes de emergência e policiais atendem feridos após tiroteio em escola de ensino médio em Santa Fe, Texas (Foto: Michael Ciaglo/AP)

Feridos
Um policial ficou ferido, segundo um diretor-assistente e o escritório do xerife local. O resgate aéreo foi acionado.

Oito pessoas foram encaminhadas ao Clear Lake Regional Medical Center, todas com ferimentos a bala, segundo o médico Safi Madain, responsável pelo atendimento. Seis já foram liberadas e uma está fora de perigo, mas um dos pacientes está em estado crítico.

Os alunos foram tirados do prédio e foram revistados na parte externa.

Um estudante disse à rede ABC que viu um atirador disparando contra uma garota, mas não há confirmação oficial do que de fato ocorreu.

Outra aluna disse à mesma emissora que por volta das 7h45, pela hora local, os alarmes de incêndio dispararam e os alunos deixaram as salas de aula. Ela relatou que alguns alunos disseram ter ouvido tiros. Ela está atualmente abrigada com outros alunos e professores próximo à escola.
Dimitrios Pagourtzis, suspeito de ser o atirador de escola em Santa Fe, no Texas (Foto: Galveston County Sheriff's Office via AP)

Bullying
Dustin Severin, um estudante de 17 anos ouvido pela NBC, disse que Pagourtzis é alvo de bullying na escola, não apenas por alunos, mas também por alguns treinadores. Ele diz que o jovem usa um casaco pesado - o mesmo que estaria usando hoje - todos os dias, mesmo quando está calor.

"Ele já foi alvo de piada por treinadores antes, por cheirar mal e coisas assim", disse Severin à emissora. "E ele não fala muito com muitas pessoas também. Ele fica mais na dele."

Segundo a rede CNN este é 22º tiroteio em escola que ocorre neste ano nos EUA.

Procurado pelo G1, o Itamaraty disse que até o momento não há informações de brasileiros entre as vítimas e que espera a confirmação do governo americano.
Equipes de emergência e policiais atendem feridos após tiroteio em escola de ensino médio em Santa Fe, Texas (Foto: Michael Ciaglo/AP)

'Ataque totalmente horrível'
O presidente Donald Trump disse que está monitorando de perto a situação no Texas e que as autoridades federais estão em coordenação com as locais. Ele mandou apoio aos afetados pelo caso e disse que o evento foi um "ataque totalmente horrível". "Minha administração está determinada a fazer tudo para proteger nossos estudantes", disse o presidente.

À tarde, o presidente ordenou que a bandeira da Casa Branca fosse hasteada a meio-mastro em homenagem às vítimas do tiroteio em Santa Fe.

Trump também mencionou o tiroteio no Twitter. "Deus abençoe a todos", disse.

Por G1
Tube News
Postar um comentário