CIENTISTAS ALERTAM PARA RISCO DE ERUPÇÃO EM GRANDE ESCALA DO VULCÃO KILAUEA, NO HAVAÍ

Níveis de lava dentro da cratera estão diminuindo, o que poderia ser o prelúdio de uma grande erupção. Vulcão Kilauea está em atividade há vários dias.
Foto do dia 9 de maio mostra lava do vulcão Kilauea na área de East Rift Zone, no Havaí (Foto: Cindy Ellen Russell/Honolulu Star-Advertiser via AP)

Tube News
Cientistas alertaram nesta sexta-feira (11) para o risco de uma erupção em grande escala do vulcão Kilauea do Havaí, que está em atividade há vários dias.

A erupção começou na semana passada no arquipélago americano e agora está ainda mais intensa, informou o Serviço de Parques Nacionais, que nesta sexta decidiu fechar o parque em que se localiza o vulcão.

 - Por que é tão complicado conter a lava de um vulcão como o Kilauea, no Havaí?

De acordo com os cientistas, os níveis de lava dentro da cratera estão diminuindo, o que poderia ser o prelúdio de uma grande erupção, afirmou a geofísica Ingrid Johanson, do Centro Geológico dos Estados Unidos (USGS), ao jornal Los Angeles Times.
Imagens de satélite da Nasa mostram lava de vulcão no Havaí (Foto: NASA/METI/AIST/Japan Space Systems, and U.S./Japan ASTER Science Team)


O cientista Donald Swanson, também da USGS, disse que a água poderia começar a mesclar-se com o magma e gerar vapor. E se o vapor provocar um aumento da pressão, "isto pode provocar repentinamente uma explosão".

O Kilauea é um dos vulcões mais ativos do mundo e um dos cinco do Havaí.

Sua erupção na semana passada foi precedida por um terremoto de 5 graus de magnitude em sua parte sul. Na sexta-feira passada foi registrado um terremoto de 6,9 graus, o mais potente no Havaí desde 1975.

Centenas de pessoas foram obrigadas a abandoar a região como medida de segurança e lava destruiu algumas estruturas na área conhecida como Leilani Estates.


Por France Presse
Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.