RECÉM-NASCIDO ABANDONADO É RESGATADO APÓS FICAR 30HRS NA MATA - Tube News

@otubenews

02 março 2018

RECÉM-NASCIDO ABANDONADO É RESGATADO APÓS FICAR 30HRS NA MATA

Bebê foi salvo após ser encontrado por moradores em Paraguaçu; criança está internada em estado grave em hospital de Alfenas.
Bebê foi resgatado por policiais em terreno de Paraguaçu (MG) (Foto: Polícia Militar)

Tube News
Um bebê recém-nascido que foi encontrado abandonado em um terreno de Paraguaçu (MG) na tarde de quinta-feira (1º) ficou cerca de 30 horas sob chuva, sol e frio até ser encontrado. O bebê continua internado em estado gravíssimo na UTI pediátrica do Hospital Alzira Velano, em Alfenas (MG).

O bebê foi encontrado em um terreno ao lado de uma casa. A moradora ouviu um barulho estranho e desconfiou. Por causa do mato, foi difícil perceber que se tratava de uma criança.

"Chorou uma vez e eu continuei andando, ai falei, deve ser os gatos. Ai eu peguei, voltei, ouvi chorar de novo, ai que eu abaixei, olhei e vi que tinha um pézinho, aí eu corri e chamei a vizinha", disse a dona de casa Francisca Roberto Prudente.

Segundo os moradores, o bebê estava embaixo de uma árvore seca, em cima de uma telha. Um vídeo gravado pela própria PM registrou o momento em que a criança foi socorrida. O sargento Antônio Carlos Aníbal, que participou do resgate, disse que o menino "é um guerreiro".

"Eu pude ver que a criança tinha ainda alguns sinais, foi no momento que eu comecei a fazer algumas massagens cardíacas nessa criança, e assim que eu vi que essa criança reagiu e até chorou, eu já providenciei limpa para enrolar essa criança e socorrer o mais rápido possível na nossa viatura mesmo para o pronto-socorro", disse o sargento da Polícia Militar Antônio Carlos Aníbal.

Segundo a polícia, a criança sofreu picadas de insetos, principalmente formigas e não havia marcas de violência no bebê. O sargento lembra que a criança estava muito debilitada.

"Estava em condições precárias, a gente notava que ela estava bem fria, com alguns ferimentos pelo corpo, provenientes possivelmente de alguns animais que ali passaram. Mas o socorro foi rápido, o melhor que foi feito ali no momento foi isso", disse Aníbal.

A mãe do bebê é uma adolescente de 15 anos. Ela contou à polícia que não sabia que estava grávida, que começou a sentir dores fortes como se fossem cólicas e em seguida teve a criança dentro de casa. Ela justificou que decidiu abandonar o menino com medo da reação da família.

"Segundo ela ninguém sabia, ela não sabia, os pais não sabiam da gravidez. Ela falou que estava arrependida, que estava chorando muito", disse o tenente da Polícia Militar, Waldecy Donizete.

A preocupação agora é com a recuperação do bebê. "A gente torce para que ele consiga recuperar e seja um menino muito forte, porque o que ele já passou, pouca gente passou na vida", disse o pedreiro Mário Lúcio Roberto, marido da mulher que encontrou o bebê.

Por Jornal da EPTV 2ª Edição, Paraguaçu, MG
Tube News
Postar um comentário