NEW YORK TRETA | O CANAL DE NOTÍCIAS IRREVERENTE NO YOUTUBE - Tube News

@otubenews

30 março 2018

NEW YORK TRETA | O CANAL DE NOTÍCIAS IRREVERENTE NO YOUTUBE

Com assuntos polêmicos e vídeos bem produzidos, o canal ganha força a cada dia, tendo até anúncios incorporados no vídeo.
(Foto: NYT/YouTube)
Tube News
Não é de hoje que o formato de notícias é usado para editar e postar vídeos na internet, em especial, no You Tube. Se você pesquisar verá uma infinidade de canais com este formato. Muitos com títulos tendenciosos e com fake news, outros com notícias reais e matérias de veículos de notícias profissionais.

Recentemente o Tube News se deparou com um canal chamado New York Treta, apresentado por Daniel Verçosa e Matheus Verçosa. Na descrição do tal canal deixam claro que foram inspirados por outro grande canal de notícias no You Tube, o Treta News, já deixando claro que o objetivo é trazer assuntos em primeira mão e com um toque de humor e irreverência.


New York Treta havia sido criado em janeiro de 2016 e em abril do mesmo ano fora excluído, com 5 mil inscritos. Hoje, prestes a completarem 2 anos de canal, possuem quase 45 milhões de visualizações e mais de 510 mil inscritos, mostrando com isso o impacto que o canal têm entre os usuários de vídeos.

Matheus Verçosa. (Foto: reprodução/Twitter)

O canal (um ponto negativo na visão do Tube News) integra palavrões em quase todos os vídeos, mas que no You Tube é normal entre os youtubers. O impacto que isso causa nas crianças e nos adolescentes não pode ser mensurado, mas é cada vez mais aceitável tal comunicação irreverente.
Youtuber Rezendeevil é frequentemente tema de vídeos do New York Treta. (Foto: Reprodução/NYT)


Ao passar dos meses e vídeos postados, vê-se uma melhora na qualidade e aprofundamento das notícias, mostrando fatos para seus assuntos, criando assim credibilidade.

A pauta geralmente (quase que sempre) envolve youtubers e suas polêmicas e tretas. Até a presente data, New York Treta aborda polêmicas envolvendo Felipe Neto, Rezendeevil, Whindersson e outros youtubers.
(Foto: NYT/YouTube)
Tube News não recomenda que crianças e adolescentes com menos de 16 anos assistam tal canal, por conter palavrões esporádicos nos vídeos. Fora isso, é uma fonte de notícias irreverente para quem gosta de estar bem informado sobre o universo dos youtubers e suas polêmicas, que não são poucas.


Por Lucas Chiodini, Tube News
Postar um comentário