BRASÍLIA: IDOSA É ATROPELADA POR JOVEM NA ESPLANADA - Tube News

@otubenews

08 março 2018

BRASÍLIA: IDOSA É ATROPELADA POR JOVEM NA ESPLANADA

Vítima tinha 74 anos. Família da motorista diz que ela sofre de síndrome vasovagal.
Carro atropelou pedestre em uma calçada do Eixo Monumental, entre Ministério da Saúde e Itamaraty (Foto: Maria Estela Kieling/Arquivo pessoal)

Tube News
Uma idosa que foi atropelada por um carro na Esplanada dos Ministérios morreu na noite desta quarta-feira (7), depois de quase cinco horas internada no Hospital de Base. A família recebeu a notícia às 22h51. Rose Marie Flexa Medeiros, de 74 anos, sofreu traumatismo craniano e uma fratura na bacia.

A motorista, Juliana Guimarães Cirillo, de 22 anos, também foi levada ao Hospital de Base, mas, de acordo com os bombeiros, o quadro de saúde dela era estável.

O acidente ocorreu por volta das 18h, na altura do Ministério da Saúde. Rose foi atropelada enquanto aguardava a carona da filha. Ela foi atingida por um carro desgovernado, que invadiu a calçada e bateu contra duas árvores.

A família da motorista diz que ela sofre da síndrome vasovagal – doença que causa desmaios. Com a batida, o carro ficou destruído. Os familiares dela não quiseram gravar entrevista.
Carro invadiu calçada e atropelou pedestre na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (Foto: Gustavo Frasão/arquivo pessoal)

Motorista e pedestre foram socorridas e levadas ao mesmo hospital. Os bombeiros afirmaram, logo após o acidente, que a vítima tinha um corte no rosto, mas estava “consciente, orientada e estável”.

A filha dela, Roseane Flexa Medeiros, conversou com a equipe da TV Globo antes da notícia da morte da mãe, e disse que ela “estava lúcida”, mas com um “corte muito profundo no rosto, um corte profundo na nuca, com muitas dores na lombar”. Rose Marie passou exames e uma tomografia, que apontaram o traumatismo craniano e a fratura na bacia.

O acidente chamou atenção dos servidores e dos pedestres que passavam pela Esplanada dos Ministérios. Era horário de pico e, naquela região, há um ponto de ônibus. A rua de acesso ao ministério da Saúde e o Itamaraty foi bloqueada até a conclusão da perícia e remoção do veículo.

Por Letícia Carvalho e Laura Tizzo, G1 DF e TV Globo
Tube News
Postar um comentário