IRMÃS DESFIGURAM MENINA DE 5 ANOS EM RITUAL VODU NOS EUA - Tube News

@otubenews

05 fevereiro 2018

IRMÃS DESFIGURAM MENINA DE 5 ANOS EM RITUAL VODU NOS EUA

Segundo polícia, ritual era para que criança se comportasse e foi feito a pedido da mãe, que está sob tratamento psiquiátrico. Mulheres também ameaçaram cortar cabeça de menino de 8 anos.
Rachel Hilaire e Peggy LaBossiere são vistas na Corte de Brockton, em Bridgewater, Massachusetts, em foto de 1º de fevereiro (Foto: Marc Vasconcellos/Enterprisenews.com via AP)

Tube News
Duas irmãs amarraram e queimaram uma menina de cinco anos, deixando-a permanentemente desfigurada, em um ritual vodu para a livrar de um demônio que a fazia se comportar mal, segundo a polícia de Massachusetts, nos EUA. As mulheres também ameaçaram cortar a cabeça do irmão da menina, de oito anos, com uma machete.

O garoto disse que sua irmã foi amarrada em pelo menos duas ocasiões, com as irmãs ateando fogo em seu rosto e fazendo cortes em seu braço e na área do pescoço com um objeto semelhante a uma agulha, tirando sangue, de acordo com a polícia. A menina disse que as mulheres também pingaram em seus olhos uma substância que pinicava.

Peggy LaBossiere, de 51 anos, e Rachel Hilaire, de 40, de East Bridgewater, negaram ter machucado a menina e ameaçado o irmão dela, de acordo com o jornal “Brockton Enterprise”. Elas se declararam não culpadas por mutilação, agressão e outras acusações. Um defensor público encarregado do caso não respondeu aos pedidos de entrevista.

A polícia diz que a mãe das crianças é uma cabelereira de ascendência haitiana que tinha as irmãs LaBossiere como clientes e solicitou o ritual. Ela não foi acusada, mas está recebendo tratamento psiquiátrico.

As irmãs retornarão à Corte Superior de Brockton na quarta-feira para uma audiência que irá determinar se elas são perigosas demais para serem libertadas.

Elas disseram à polícia que realizaram “banhos de limpeza” para familiares e amigos no passado, algo que envolve entoar cantos, esfregar incensos e olhos de eucalipto e sal marinho em seus corpos, e queimar mirra, de acordo com o jornal. As crianças às vezes ficam queimadas quando espíritos deixam seus corpos, elas disseram.

A menina sofreu queimaduras de terceiro grau em seu rosto que a deixarão permanentemente desfigurada, segundo a polícia. Ela recebeu tratamento médico e está sob custódia de entidades assistenciais do estado junto com o irmão, que descreveu aos policiais o que aconteceu na casa das irmãs LaBossiere durante vários dias.

Vodu é um termo que se refere a práticas desenvolvidas há séculos por escravos africanos no Caribe, principalmente no Haiti.


Por Associated Press
Tube News