SOBE PARA 4 O Nº DE MORTOS POR INCÊNDIO EM HOTEL NO CENTRO DE PRAGA - Tube News

@otubenews

21 janeiro 2018

SOBE PARA 4 O Nº DE MORTOS POR INCÊNDIO EM HOTEL NO CENTRO DE PRAGA

Duas mulheres que estavam hospitalizadas faleceram neste domingo (21); alemão e sul-coreana já tinham morrido no local. Entre os feridos há pelo menos cinco estrangeiros.
Bombeiros são vistos próximo a hotel que pegou fogo no centro de Praga, na República Tcheca, na noite de sábado (20) (Foto: Vit Simanek/CTK via AP)


Tube News
O número de mortos pelo incêndio ocorrido sábado à noite em um hotel no centro de Praga, a capital da República Tcheca, subiu neste domingo (21) para quatro, depois que dois feridos que estavam internados não resistiram, informou a emissora "Radio Prague".

De acordo com as últimas informações, um jovem turista alemão e uma mulher sul-coreana morreram no sábado, e neste domingo faleceram outras duas mulheres, cujas nacionalidades ainda são desconhecidas.

Entre os sete feridos há três holandeses, um turco, um francês e outros dois de nacionalidade não determinada, informou hoje um porta-voz da polícia da capital tcheca.

A polícia começou a investigar os motivos do incêndio que começou ontem às 18 horas (15 horas em Brasília) no hotel Eurostars David, um palácio de estilo neorrenascentista com 76 quartos, situado perto do Teatro Nacional.

Segundo a "Radio Prague", os primeiros indícios apontam que o fogo começou no circuito de ar acondicionado do hotel.

Assim que as primeiras equipes de emergência chegaram, elas se depararam com duas pessoas que já haviam falecido e outras três que apresentavam quadro de parada cardiorrespiratória, mas conseguiram reanimá-las.

As três pessoas em estado grave foram levadas ao Hospital Geral de Praga e internadas na unidade de tratamento intensivo.

No total, nove pessoas foram hospitalizadas sábado, entre elas dois bombeiros que se feriram depois que o teto de um dos quartos do hotel desabou enquanto eles tentavam apagar as chamas.

Os bombeiros conseguiram extinguir o incêndio ainda à noite, após evacuarem dezenas de pessoas, estrangeiros em sua maioria, que foram levadas para outros hotéis da capital tcheca.

Por Agencia EFE