PAUL HAGGIS, DIRETOR DE 'CRASH', É ACUSADO DE ESTUPRO - Tube News

@otubenews

05 janeiro 2018

PAUL HAGGIS, DIRETOR DE 'CRASH', É ACUSADO DE ESTUPRO

Quatro mulheres acusam diretor de 'Crash - No limite' de agressões sexuais. Advogada de cineasta nega acusações.
Paul Haggis participa do Festival Internacional de Cinema de Toronto em 201 (Foto: Darren Calabrese/AP Photo/The Canadian Press)

Tube News
Quatro mulheres acusam o cineasta Paul Haggis de agressões sexuais, como estupro ou tentativa de estupro, segundo o site da revista "The Hollywood Reporter".

Um processo civil contra o diretor, produtor e roteirista o acusava de estuprar uma mulher chamda Haleigh Breest em 2013, o que motivou outras três a divulgarem suas alegações à agência de notícias The Associated Press.

Uma delas afirma que Haggis, que ganhou o Oscar por "Crash - No limite" (2004), a forçou a praticar sexo oral e depois a estuprou em 1996.

Outra afirma que ele segurou seus braços, a beijou contra a sua vontade na rua e então a seguiu até um táxi. Ela conseguiu escapar.

A quarta delas contou que Haggis tentou estuprá-la. "Eu preciso estar dentro de você", ele teria dito. Ela também conseguiu fugir.

A advogada do cineasta, Christine Lepera, negou as acusações. "Ele não estuprou ninguém."

Haggis já tinha negado a acusação original ao processar a primeira mulher por extorção, afirmando que a autora e sua advogada haviam exigido US$ 9 milhões para evitar ações na Justiça.

Tube News