O FUTURO INCERTO DE THE WALKING DEAD E MAIS DETALHES DA 8ª TEMPORADA - Tube News

@otubenews

12 dezembro 2017

O FUTURO INCERTO DE THE WALKING DEAD E MAIS DETALHES DA 8ª TEMPORADA

Veja detalhes da morte do personagem Carl Grimes, detalhes que talvez você tenha perdido no 8º episódio desta temporada e muito mais.
(Foto: AMC)



Tube News
Scott Gimple fala sobre o futuro incerto de The Walking Dead
The Walking Dead é o maior sucesso comercial da AMC, portanto tanto executivos da emissora quanto produtores da série já manifestaram interesse em manter a série no ar por tanto tempo quanto o possível.

No entanto, a nona temporada ainda não foi anunciada oficialmente. Isto, aliado à drástica queda na audiência em comparação com a temporada anterior, tem alimentado especulações sobre um possível iminente fim da série.

Apesar disso, o showrunner Scott Gimple, responsável pela série desde 2013, manifestou em entrevista ao The Hollywood Reporter total confiança de que a série ainda tem mais história para contar.

Estamos lidando com muitas coisas ao mesmo tempo, mas não consideramos a possibilidade da nona temporada ser a última. Estou confiante de que iremos além da 10ª temporada; estamos construindo algo para o futuro.

Com o contrato de alguns dos atores principais terminando na 8ª temporada, incluindo o de Andrew Lincoln e Norman Reedus, Gimple se esquivou de comentar como isso pode afetar o destino de alguns dos personagens.

Não vou falar nada sobre isso, mas estou confiante de que teremos a 10ª temporada. É um questionamento válido, mas há detalhes a se resolver em relação aos contratos. Não acho seja somente uma questão de dinheiro, há também de se considerar o melhor momento, além de várias outras coisas antes de termos uma definição.

Mas em relação a isso, há um super planejamento a longo prazo que vamos continuar seguindo. Sei que há muitos rumores sobre isso, mas eu diria que tudo está tranquilo.

Obviamente, nem sempre promessas dos produtores garantem estabilidade ao elenco de The Walking Dead. William Riggs, pai de Chandler Riggs, confessou estar decepcionado com Gimple por ter demitido seu filho após ter recentemente lhe garantido que Carl permaneceria na série ao menos pelos próximos três anos.


A morte de Carl em The Walking Dead foi uma decisão de Chandler Riggs ou dos produtores?
(Foto: AMC)

Carl Gimes revelou ter sido fatalmente mordido por um zumbi no 8º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S08E08 – “How It’s Gotta Be”), o último episódio de 2017 de The Walking Dead.

Ao final do episódio o garoto já foi visto sofrendo os sintomas da infecção e sua morte muito provavelmente será no próximo episódio, que estreia em fevereiro.

Chandler Riggs, o ator que interpreta Carl, já confirmou o destino de seu personagem e a dúvida que resta aos fãs é: quem tomou a decisão de matá-lo?

Desde os primeiros boatos da morte de Carl já se especulava que a decisão seria do próprio Riggs, que teria pedido um fim ao seu personagem para seguir com sua carreira e estudos. Contudo, o próprio Riggs desmentiu essa ideia, em entrevista para o site The Hollywood Reporter.

Vou tirar o ano para focar em atuação. Não foi minha decisão deixar The Walking Dead.

Foi tudo relacionado à trama. Fez sentido na história acontecer isso para Rick, Michonne e todos os outros personagens.

O ator havia inclusive comprado uma casa próximo do local de gravações, na Senoia, em Georgia, antes de receber a notícia da morte de Carl pelo showrunner da série, Scott M. Gimple.

Eu não esperava que o Carl sequer fosse morrer em algum momento. Mas resultará em um bom propósito para a história.

Há ainda um pouco mais a ser contado da história de Carl – no episódio nove – e isso impacta Rick, Michonne e todo mundo. Apesar da história de Carl está chegando ao fim, ela ainda não acabou.

Chandler Riggs Revela as MOTIVAÇÕES do Produtor de The Walking Dead para MATAR Carl!
(Foto: AMC)

A morte de Carl Grimes não foi uma revelação chocante apenas para quem acompanha a série de TV. Fãs dos quadrinhos se viram igualmente surpresos, afinal Carl continua vivo até hoje na obra original.

Não apenas isso, como nos quadrinhos Carl tem diversos momentos cruciais no pós-guerra. Ninguém tem a menor noção de como será The Walking Dead sem Carl.

Mas se Carl está vivo nos quadrinhos, por que os produtores divergiram tanto das histórias originais? O ator que interpreta Carl na TV, Chandler Riggs, responde esta questão, revelando quais foram as motivações de Scott Gimple, o showrunner da série.

ATENÇÃO: O texto a seguir contém SPOILERS dos quadrinhos!

Scott estava tentando entender o buraco que havia nos quadrinhos entre Rick cortando a garganta de Negan no final da Guerra Total e depois do salto temporal, quando Negan é mostrado vivo na prisão e Rick não o matou.

Ele estava tentando descobrir uma forma de fazer a ponte entre o Rick que não quer matar Negan e o Rick que quer muito matar o Negan, que é o atual [na série de TV].

A forma que o Scott encontrou para resolver isso foi fazer com que Carl se tornasse essa figura bem humanitária, capaz de enxergar a bondade nas pessoas e perceber que as pessoas podem mudar e nem todos são maus.

É isso que o Carl fala para Rick neste episódio: que de forma alguma eles podem matar todos os Salvadores, que nem todos são pessoas más e que tem que haver um caminho para seguir em frente que não se limite a apenas matar pessoas.
Negan e Rick brigam, mas ambos sobrevivem


Nos quadrinhos, ao término da Guerra Total, Negan é subjugado, mas Rick opta por apenas prendê-lo, pois percebe que eles devem parar com as mortes para crescerem como sociedade.

Recentemente vimos nos quadrinhos que Negan realmente parece arrependido de todo o mal que causou.

The Walking Dead 8ª Temporada | Em que momento Carl foi MORDIDO?

Carl brilhou no 8º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S08E08 – “How It’s Gotta Be”). Ele protegeu Alexandria do ataque de Negan, evacuou todos os habitantes em segurança e reencontrou com Rick e Michonne. E ele fez tudo isso após ter sido mordido por um zumbi.

Sim, o garoto já estava condenado antes mesmo do início da midseason finale. Ele mesmo disse à seu pai como aconteceu. Quando Rick olhou para Siddiq, Carl falou: “Eu trouxe ele para cá. Foi quando isso aconteceu”.

Ou seja, Carl não foi mordido na fuga de Alexandria, mas quando estava tentando convencer Siddiq a se juntar à eles, no 6º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S08E06 – “The King, the Widow, and Rick”).

Então temos Carl sendo mordido à tarde e aceitando seu destino. Ele retorna à Alexandria com Siddiq e à noite a comunidade é atacada. Ao tentar dialogar com Negan, Carl já deixa a entender que ele morreria de qualquer jeito.

Após a fuga, os sintomas começam a aparecer. Naquela mesma noite, Rick e Michonne encontram Carl e os outros nos esgotos e ficam sabendo do destino do filho.

A segunda parte da 8ª temporada de The Walking Dead começará em em fevereiro, provavelmente mostrando os momentos finais de Carl. Quais as suas expectativas?

7 Detalhes que Poucos Perceberam no 8º Episódio da 8ª Temporada de The Walking Dead

A AMC prometeu uma midseason finale chocante e cumpriu com louvor! Por mais que as especulações sobre a morte de Carl estivessem a todo vapor, todos se surpreenderam quando vimos aquela mordida no final do 8º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S08E08 – “How It’s Gotta Be”).

Mas mesmo antes de sucumbir à infecção, Carl foi o destaque deste episódio. O garoto enfrentou Negan de frente, protegeu Alexandria e evacuou todos os habitantes a salvo.

E entre tantas cenas interessantes, como de costume há diversos detalhes que poucos perceberam ao longo do episódio. Você conseguiu se atentar a todos esses itens?

1 - O significado do título "How It's Gotta Be"
(Foto: AMC)

O título “How It’s Gotta Be”, que se traduz como “Como deve ser”, refere-se à frase dita por Carl à Rick no começo do episódio.

Carl tentava convencer um incrédulo Rick que matar todos não era o caminho correto.

Diante da recusa de Rick, Carl continuou, lembrando o pai que “achar uma forma de seguir em frente é mais difícil”. E terminou suas ideias com a frase “é como deve ser”.

2 - Rick, Carl e Deanna
(Foto: AMC)

O discurso que Carl faz para seu pai é bem similar ao que o próprio Rick fez para Deanna Monroe, a antiga líder de Alexandria. Em um dos flashbacks, Carl fala para Rick:

Se você se importa, então você tem que fazer alguma coisa. Você não pode ficar apenas com esperanças.

No 15º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S05E15 – “Try”), Carl viu Rick falando da mesma forma para Deanna:

Você quer viver? Você quer que Alexandria continue de pé? As coisas não melhoram só porque você ‘quer que melhorem’. Se você não lutar, você morre.

Ou seja, o discurso de Rick naquela ocasião não foi apenas para Deanna. Carl também aprendeu muito com seu pai.

3 - Carl indicou que morreria
Carl já sabia que morreria desde o início da midseason finale. Afinal, ele não foi mordido durante o ataque noturno, mas horas antes.

Agora que sabemos desta tragédia, é possível notar que isso foi indicado em mais de um momento ao longo do episódio, como quando Carl encara Negan e se oferece como sacrifício para poupar a vida de todos.



Negan pergunta, com deboche, se Carl queria morrer. Carl responde de forma enigmática: “Não quero. Mas morrerei”.

4 - Just Survive Somehow
Outro momento em que Carl indica estar se despedindo é logo no começo do episódio, com ele em Alexandria, escrevendo uma carta para seu pai.

(Foto: AMC)

Em seguida ele puxa um papel com uma frase de Enid muito conhecida pelos fãs: “Just Survive Somehow” (Apenas Sobreviva de Alguma Forma).

Geralmente apresentado com suas siglas, “JSS” já se transformou em um lema, que é sempre remetido pelos dois e nos faz pensar como será a despedida de Enid e Carl.

5 - "Dirijo melhor que o Carl"

Logo no começo do episódio vimos Aaron e Enid seguindo para Oceanside para tentar unificar mais um grupo para a guerra contra os Salvadores.

Em determinado momento Aaron perguntou se Enid sabia dirigir. A resposta da garota foi “Dirijo melhor que o Carl”.

Isso foi uma referência à ocasião que Enid estava indo por conta própria para Hilltop, no 5º episódio da 7ª temporada de The Walking Dead (S07E05 – “Go Getters”) e foi salva de um zumbi por Carl, que o atropelou – e bateu com o carro no processo!

6 - Carl não foi mordido neste episódio
Mas se Carl não foi mordido neste episódio, então quando foi? Ele mesmo explicou à Rick, quando se encontraram no esgoto.

Quando Rick olhou para Siddiq, Carl falou: “Eu trouxe ele para cá. Foi quando isso aconteceu”.

Ou seja, Carl não foi mordido na fuga de Alexandria, mas quando estava tentando convencer Siddiq a se juntar à eles, no 6º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead (S08E06 – “The King, the Widow, and Rick”).

7 - Todas as midseasons finale têm mortes de mulheres
Isso provavelmente é apenas uma coincidência, mas é interessante notar como todo episódio final de metade de temporada apresenta a morte de pelo menos uma mulher.

(Foto: AMC)

  1. 2ª Temporada – Sophia Peletier foi encontrada morta em “Pretty Much Dead Already“.
  2. 3ª Temporada – Penny Blake (a filha zumbi do Governado) foi finalizada por Michonne em “Made to Suffer“. Donna, uma mulher que estava com Tyreese e Sasha, também morreu.
  3. 4ª Temporada – Meghan Chambler, Lilly Chambler e Alisha morreram em “Too Far Gone“.
  4. 5ª Temporada – Beth Greene e Dawn Lerner morreram em “Coda“.
  5. 6ª Temporada – Deanna Monroe morreu em “Start to Finish“.
  6. 7ª Temporada – Olivia morreu em “Hearts Still Beating“.

Com informações do site The Walking Dead Brasil
Tube News