EUA: EXPLOSÃO NO METRÔ DE NY FOI TENTATIVA FRACASSADA DE TERRORISMO, DIZ PREFEITO - Tube News

@otubenews

11 dezembro 2017

EUA: EXPLOSÃO NO METRÔ DE NY FOI TENTATIVA FRACASSADA DE TERRORISMO, DIZ PREFEITO

 Bombeiros informam que há quatro feridos, mas sem risco grave. Segundo prefeito, caso foi tentativa mal-sucedida de ataque terrorista.
Policiais respondem a relatos de explosão na Times Square, em Nova York, EUA (Foto: AP Photo/Charles Zoeller)


Tube News
Uma explosão aconteceu em uma estação de metrô e ônibus no centro de Manhattan, em Nova York, por volta de 7h30 (no horário local) desta segunda-feira (11). Um suspeito, que está ferido, foi detido, informa a polícia. Os bombeiros, por sua vez, falam em quatro pessoas feridas, mas nenhuma com risco de vida.

A explosão ocorreu na estação que fica no cruzamento da Rua 42 com a 8ª Avenida, por onde passam três linhas de metrô e está também o terminal de ônibus da Port Authority.


Tube News reuniu vídeos amadores e da impresa americana no local das explosões:


Por precaução, as linhas A, C e E do metrô estão sendo esvaziadas. As ruas do entorno foram bloqueadas e o esquadrão antibombas foi acionado.

Uma fonte policial disse à agência Associated Press que um artefato explosivo foi detonado em uma das plataformas do metrô. Informações preliminares obtidas pela rede CNN com duas fontes policiais distintas indicam que a bomba seria caseira e teria sido detonada acidentalmente.

Andre Rodriguez, de 62 anos, disse ao "New York Times" que ouviu a explosão pouco antes das 7h30 quando entrava no metrô."Estava passando pela catraca. Parecia uma explosão, e todos começaram a correr", contou.


Polícia e bombeiros bloqueiam ruas próximas ao terminal de ônibus da Port Authority, em Nova York, após explosão (Foto: Edward Tobin/Reuters)

Já Alicja Wlodkowski, de 51 anos, disse que estava em um restaurante dentro do complexo da estação quando de repente viu uma multidão de pessoas correndo. "Uma mulher caiu, e ninguém parou para ajudá-la porque estava uma loucura", disse. "Então diminuiu. Eu fiquei de pé, observando e com medo", relatou.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já foi informado do ocorrido.


Tube News