JORNALISTA DIZ QUE FILHO FOI ABUSADO SEXUALMENTE POR KEVIN SPACEY - Tube News

@otubenews

08 novembro 2017

JORNALISTA DIZ QUE FILHO FOI ABUSADO SEXUALMENTE POR KEVIN SPACEY

Jovem tinha 18 anos na época. Heather Unruh disse, em entrevista coletiva, que em 2006 o ator pegou no órgão genital do rapaz depois de lhe dar bebida alcoólica. Spacey é alvo de diversas outras acusações.

Kevin Spacey participa de vídeo comemorativo dos 68 anos de Bill Clinton (Foto: Divulgação)

Tube News
Uma jornalista americana acusou o ator Kevin Spacey de ter abusado sexualmente do filho dela em 2016, quando o jovem tinha 18 anos, informa nesta quarta-feira (8) o TMZ.

De acordo com o site, Heather Unruh, que já foi âncora de programa de notícias exibido por um canal de Boston, descreveu em entrevista coletiva que Spacey, de 48 anos, segurou o órgão genital do rapaz depois de embebedá-lo.

Esta não é a primeira denúncia contra o ganhador do Oscar por "Beleza americana" (1999) e astro da série "House of cards":

No dia 30 de outubro, o ator de "Star Trek" Anthony Rapp disse ao site Buzzfeed que foi assediado por Kevin Spacey aos 14 anos.

No mesmo dia, Spacey disse que não se lembrava de ter assediado Rapp, mas pediu desculpas e revelou ser gay.

No dia 31, a Netflix disse que suspendeu a produção de "House of cards", série estrelada por Spacey, após a acusação (ainda não tinham sido revelados os casos durante a produção do programa).

No dia 1º de novembro, o ator mexicano Roberto Cavazos disse que também foi assediado por Spacey.

No dia 2 de novembro, Spacey foi alvo de mais denúncias de assédio no Reino Unido e disse que iria buscar tratamento.

Também em 2 de novembro, homens da equipe de "House of cards" disseram ter sido vítimas de assédio sexual por parte de Spacey e que ele criava ambiente "tóxico" nos bastidores das filmagens.

No dia 3 de novembro, o jornal "The Guardian" informou que a polícia britânica vai investigar Spacey por uma acusação de assédio sexual que teria sido cometido em 2008.

O episódio com o filho da jornalista teria acontecido em julho de 2016, no banheiro de um restaurante localizado na ilha de Natucket, que fica no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos. Heather Unruh alega que o filho estava atônito ao sair do recinto.

Spacey teria pagado bebida alcoólica ao rapaz e agido quando este já estava bêbado. Ele teria conseguido escapar graças à ajuda de uma mulher desconhecida.

A jornalista afirmou que, na semana passada, o filho entregou à políciade Nantuchket evidências do suposto assédio e que uma investigação criminal foi iniciada.

Também presente na coletiva, o advogado de Heather Unruh declarou que um caso civil e criminal está registrado no estado de Massachusetts e que representantes de Spacey devem ser procurados.

Mais sobre Kevin Spacey

Na sexta-feira (3), a Netflix cortou laços com Kevin Spacey. De acordo com a agência de notícias Reuters, o serviço de transmissão de vídeos por streaming anunciou que o ator não está mais envolvido em qualquer produção da série.

Pouco antes, a revista "Variety" havia informado que produtores da Netflix consideravam a hipótese de matar o personagem de Spacey no programa.

Nesta segunda-feira (6), jo jornal "Daily Mail" informou que Spacey iniciou, no último final de semana, um programa de reabilitação para viciados em sexo. O ator teria dado entrada na clínica The Meadows.

A clínica é a mesma onde Harvey Weinstein estaria passando por tratamento, também, após série de acusações de assédio sexual e contato físico indesejado. Tiger Woods, Kate Moss e Selena Gomez também já foram atendidos no mesmo centro de reabilitação.

Tube News