ESTUDANTE É DETIDO APÓS DEPREDAR UNIVERSIDADE EM SP COM TACO DE BEISEBOL - Tube News

@otubenews

17 novembro 2017

ESTUDANTE É DETIDO APÓS DEPREDAR UNIVERSIDADE EM SP COM TACO DE BEISEBOL

Rapaz quebrou janelas e objetos de um andar da Universidade São Judas, na Mooca, por ter sido reprovado em avaliação final. Ele foi levado para o 8° DP.

Um estudante foi detido após depredar janelas e objetos de um andar da Universidade São Judas, na Mooca (Foto: Arquivo Pessoal )


Tube News
Um estudante foi detido na noite desta quinta-feira (16) após depredar janelas e objetos da Universidade São Judas, na Zona Leste de São Paulo. Ele foi levado para o 8° Distrito Policial.

De acordo com a Polícia Militar, o rapaz portava um taco de beisebol e estava bastante alterado. Ele quebrou janelas e outros objetos de um andar da unidade da Mooca.

O rapaz se revoltou após ser reprovado na avaliação final do curso de design. Um vídeo feito por estudantes da mesma turma do rapaz mostra o momento em que o aluno tira da mochila o taco de beisebol (veja abaixo):



Houve gritaria e confusão. Os alunos de outras salas chegaram a confundir o barulho com tiroteio.

A PM afirma que incialmente recebeu um chamado de que um indivíduo teria disparado com arma de fogo dentro da unidade. Entretanto, ao chegar no local, foi constatado o rapaz alterado portando o bastão.

Procurada, a Universidade afirmou, por meio de nota, que o caso foi "isolado, sem nenhuma agressão física e já controlado" e que o calendário de aulas não será afetado.

"Em relação às provas que aconteceriam nessa data, asseguramos que o calendário será revisto para que nenhum aluno seja prejudicado e que as aulas de amanhã (17) acontecerão normalmente."

Veja a íntegra do texto:

"Em relação ao incidente ocorrido na noite de hoje (16/11/17), no campus da Mooca da Universidade São Judas, temos a informar que um aluno teve um comportamento exacerbado e chegou a utilizar um taco de beisebol para depredar o ambiente, causando certa perplexidade às demais pessoas presentes.

Imediatamente a Universidade acionou a segurança local e a polícia, que identificaram e detiveram o indivíduo pela conduta inadequada.

Felizmente foi caso isolado, sem nenhuma agressão física e já controlado. Em relação às provas que aconteceriam nessa data, asseguramos que o calendário será revisto para que nenhum aluno seja prejudicado e que as aulas de amanhã (17/11/17) acontecerão normalmente."


Tube News