CRÍTICA | STRANGER THINGS 2ª TEMPORADA: MAIOR E MELHOR - Tube News

@otubenews

23 outubro 2017

CRÍTICA | STRANGER THINGS 2ª TEMPORADA: MAIOR E MELHOR

Como os irmãos Duffer fariam para superar expectativas de uma das melhores estreias de 2016 intacta?

Cena de Stranger Things 2ª Temporada (Foto: Netflix)


Tube News
Texto com leves spoilers que não revelam nenhuma reviravolta importante
A “maldição” da 2ª temporada é algo que pega muitas séries que começam chutando a porta e esse era um receio de todo mundo quando o assunto é Stranger Things. Afinal, como os irmãos Duffer fariam para superar expectativas de uma das melhores estreias de 2016 intacta?

Pois se depender dos quatro primeiros episódios (de nove) que a Netflix nos enviou para avaliação, a sensação que ficou é que o drama sobrenatural oitentista soube, ao mesmo tempo, manter a sua aura e evitar ser uma mera repetição do que já vimos. Não que os elementos que nos fizeram apaixonar pela primeira temporada não estejam lá, pois estão: a vibe nostálgica, as referências inteligentes a filmes cult da rica década (o que eles fizeram com Ghostbusters é genial) e, é claro, muito suspense e mistério.

Cena de Stranger Things 2ª Temporada (Foto: Netflix)

Mais madura, assim como os protagonistas, Stranger Things retorna no ano de 1984, quase um ano após os eventos do final da temporada inicial. A cidade de Hawkins aparentemente vive uma vida normal, mas Mike, Dustin, Lucas e Will, assim como o de todos os que os cercam, continuam marcados e profundamente impactados pelos eventos, especialmente este último.

O mistério começa de vez quando Will Buyers segue tendo visões apavorantes do Mundo Invertido, que são examinadas pelo novo encarregado do laboratório de Hawkins, o Dr. Owens, vivido pelo excelente Paul Reiser (Mad About You). Menos assustador e mais “amável” que seu antecessor, o Dr. Martin Brenner (Matthew Modine), o cientista apresenta uma calma inquietante, especialmente quando se mostra confiável e calmo.

Outra presença constante na série é a de Barb que, mesmo ainda desaparecida, ganha sobrevida graças à investigação paralela de Jonathan Buyers e Nancy Wheeler conduzem, pois ainda se sentem culpados pela suposta morte da colega. A 2ª temporada também traz novos personagens, incluindo a misteriosa garota Max (Sadie Sink) que mexe especialmente com Dustin e Lucas, além do engraçado e simpático novo namorado de Joyce, Bob Newby (Sean Astin, de Os Goonies).

Cena de Stranger Things 2ª Temporada (Foto: Netflix)

E Eleven? Bem, ela está de volta, mas em circunstâncias bem interessantes (que a Netflix pediu para não revelarmos no texto prévio) e com direito a diversos flashbacks que mostram o que de fato aconteceu com a menina no último ano que se passou. Millie Bobby Brown, inclusive, segue se revelando como uma intérprete versátil, mantendo a intensidade que já conhecemos e demonstrando uma segurança em tela que é de invejar atores mais experientes. E sim, ela agora tem mais falas.

Quem também ganha um protagonismo maior é o resignado detetive Jim Hopper. Ciente do que realmente aconteceu na cidade, ele luta para manter a calma, enquanto percebe que algo “grandioso” e potencialmente perigoso está por vir.

De fato, Stranger Things está bem maior nesta temporada, seja em número de episódios (um a mais que na anterior), como na escala das ameaças apresentadas (sim, falo daquele mega “monstro” que vimos nos trailers), cuja natureza real ainda é desconhecida.

Isso significa que o Demogorgon foi de vez embora? Bom, sem revelar muitos detalhes, posso dizer que “sim” e “não” ao mesmo tempo, já que a série parece (e eu digo parece porque preciso ver mais pra saber) ter encontrado uma brilhante forma de reintroduzí-lo na série, com uma bela reviravolta.

Exibindo um apuro visual ainda mais elaborado, inclusive nos efeitos digitais, é já certo dizer que Stranger Things trará uma temporada grandiosa e ambiciosa, evidenciando que os irmãos Duffer merecem ainda mais atenção de Hollywood. A crítica da primeira temporada completa sai no próximo final de semana, mas já estou pra lá de animado!

Até aqui, gostei muito do que vi e acho que vocês vão curtir também!

Por Bruno Carvalho, do Ligado Em Série
Tube News