ALUNO PLANEJOU ATAQUE A COLEGAS E SE INSPIROU EM MASSACRE NOS EUA, DIZ POLÍCIA - Tube News

@otubenews

20 outubro 2017

ALUNO PLANEJOU ATAQUE A COLEGAS E SE INSPIROU EM MASSACRE NOS EUA, DIZ POLÍCIA

Estudante que atirou contra colegas em escola de Goiânia 'ia matar todo mundo', diz delegado

Adolescente suspeito de efetuar disparos está apreendido (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Tube News
Segundo a polícia, menino de 14 anos só não atirou mais vezes porque uma coordenadora interveio. Dois colegas morreram, e quatro ficaram feridos.

Após deixar o colégio particular de Goiânia em que um aluno de 14 anos atirou contra colegas, o delegado Luiz Gonzaga Júnior informou na tarde desta sexta-feira (20) que a tragédia poderia ser ainda maior se uma coordenadora não interviesse, pois o atirador tinha mais munição. Dois alunos morreram, e outros quatro ficaram feridos.

“Ele ia matar todo mundo. Levou dois carregadores para a escola. Descarregou o primeiro, carregou o segundo, deu um tiro, mas foi abordado pela coordenadora. Ele pensou até em se matar, apontou a arma para a cabeça, mas ela o convenceu a travar a arma”, disse ao G1 o titular da Delegacia Estadual de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

Os estudantes João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, cujas idades ainda não foram divulgadas, morreram no local. Os outros quatro alunos feridos, sendo três meninas e um menino, estão internados em hospitais da capital.

Funcionários da escola levaram o autor dos disparos para a biblioteca para aguardar a chegada dos policiais. Ele foi apreendido e levado para a Depai, onde contou que atirou primeiro contra João Pedro porque ele fazia bullying com o suspeito.

"Ele pegou a arma, atirou contra o alvo, e, em seguida, disse que perdeu o controle e teve vontade de matar mais pessoas", contou o delegado.

Por Sílvio Túlio e Paula Resende, G1 GO
Tube News
Postar um comentário