BANQUETE MARINHO: CARDUME DE SARDINHAS É ATACADO POR DIFERENTES PREDADORES - Tube News

@otubenews

01 agosto 2017

BANQUETE MARINHO: CARDUME DE SARDINHAS É ATACADO POR DIFERENTES PREDADORES

Se você é fã de documentários e programas nos quais a temática principal é a natureza, então deve conhecer as séries “Earth” da BBC, certo?



Tube News
Vamos dividir com você uma sequência que mostra um tremendo estraga prazeres chegando para estragar a festa de um animado grupo de animais se alimentando de um cardume de sardinhas.

Tudo começou com um grupo de leões-marinhos tentando reunir um enorme cardume de sardinhas para poder caçar algumas e matar a fome, mas os mamíferos enfrentaram dificuldades para capturar os peixes — que nadam de forma coordenada para escapar dos predadores.

O problema é que o cardume é grande demais, e os leões-marinhos passam a tentar encontrar uma forma de dividir as sardinhas em grupos menores. No entanto, por estar em menor número, os predadores não conseguem grandes avanços e se limitam a manter os peixes mais próximos da superfície.

Mas, de repente, aparece uma turminha que muda a sorte das sardinhas: um cardume de atuns — que vem das profundezas, onde as águas são mais frias.



Atacando o cardume de baixo para cima, a chegada dos atuns bloqueia uma das rotas de fuga das sardinhas e as torna mais vulneráveis.

Então, mais alguém aparece para se unir aos caçadores! Um grupo de pardelas — aves que, além de serem excelentes “voadoras”, também são surpreendentes “nadadoras”.



Então, mais alguém aparece para se unir aos caçadores! Um grupo de pardelas — aves que, além de serem excelentes “voadoras”, também são surpreendentes “nadadoras”.
Você duvida que um pássaro pode ser um bom nadador? Então veja a seguir:




Mas a festa não acaba com a chegada das pardelas... Aliás, coitadas das sardinhas!
Olha só quem sentiu que havia sangue na água e decidiu averiguar o que estava acontecendo:



Sim, tubarões-cobre aparecem para fazer uma boquinha e, depois deles, um grupo de golfinhos também se une ao banquete! Afinal, o que não faltam são sardinhas para alimentar a todos.

O mais interessante é que os vários predadores se alimentando das sardinhas não atacam uns aos outros e parecem trabalhar de forma coordenada para capturar os peixes.
E tudo estava indo muito bem para todo mundo — leões-marinhos, atuns, pardelas, tubarões, golfinhos...

Até um cara resolver aparecer e dar um fim na festa: uma imensa baleia-de-bryde — uma espécie que pode passar dos 15 metros de comprimento — que simplesmente chega e captura praticamente todo o cardume de uma única bocada.



Fonte: BBC Earth
Tube News
Postar um comentário