24 DE JULHO: DIA DOS PIONEIROS MÓRMONS E SEU VALIOSO LEGADO DE FÉ - Tube News

@otubenews

24 julho 2017

24 DE JULHO: DIA DOS PIONEIROS MÓRMONS E SEU VALIOSO LEGADO DE FÉ

Era 24 julho de 1847, quando Brigham Young, segundo presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e o primeiro grupo de pioneiros mórmons chegaram ao Vale do Lago Salgado em Utah. 

Templo de Salt Lake City de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mais conhecidos como mórmons. (Foto: ldschurchtemples.org)


Tube News

Em 21 de julho de 1847, os dois batedores da companhia pioneira de Brigham Young celebraram gritando “hosana!”. Após cerca de três meses de viagem, eles haviam avistado o vale ao norte do Grande Lago Salgado. O mais velho, de 35 anos, estava a cavalo; o de 28, a pé. Orson Pratt e Erastus Snow estavam abrindo assim o caminho para mais de 30 mil mórmons fugindo dos Estados Unidos em busco de um novo lar.

No dia seguinte, a maior parte dos carroções da companhia desceu ao vale. Mas Brigham Young, doente, só chegaria no dia 24, data celebrada até hoje em Utah como o Dia dos Pioneiros.

Sua companhia de 72 carroções era formada por 148 pessoas: 143 homens, três mulheres e duas crianças. O grupo era bastante jovem: a idade média entre os adultos era de aproximadamente 32 anos. Dentre os oito apóstolos, Brigham Young e Heber C. Kimball eram os mais velhos, com 46 anos; o mais jovem era George A. Smith, com 30.¹

As mulheres eram Clarissa Decker Young, com 19, a esposa plural mais jovem de Brigham; Ellen Sanders Kimball, com 23, esposa plural de Heber; e Harriet Decker Young, com 41, esposa de Lorenzo D. Young.

Dentre os homens, havia três escravos negros: Green Flake, de 19 anos; Hark Lay, 22, escravo de William Lay; e Oscar Crosby, 32. Os três faziam parte da “vanguarda” da companhia, liderada por Pratt. Do pouco que se sabe desses três homens, Green Flake é quem tem a história um pouco mais documentada.

Além dos oito apóstolos, outros dez membros da companhia faziam parte do “Reino de Deus e suas Leis, com as suas chaves e poder, e julgamento nas mãos de seus servos, Ahman Cristo” – organização secreta mais lembrada pelo apelido Conselho dos Cinquenta. Dois meses antes da sua morte o profeta Joseph Smith havia dito que pretendia ser “um dos instrumentos no estabelecimento do Reino” de Deus e que lançaria uma “fundação que revolucionará todo o mundo”.² Brigham Young, que considerava ser um apóstolo de Cristo e de Joseph Smith,³ e os demais membros restantes dos Cinquenta estavam decididos a concretizar, à sua maneira, o sonho vislumbrado por Joseph Smith.

1. Mormon Pioneer Overland Travel.

2. History of the Church 6:365.

3. Journal of Discourses 5:269


Tube News
Postar um comentário