COM CHUVA, PONTES QUE LIGAM SÃO JOAQUIM AO RS FICAM COBERTAS POR RIO - Tube News

@otubenews

29 maio 2017

COM CHUVA, PONTES QUE LIGAM SÃO JOAQUIM AO RS FICAM COBERTAS POR RIO

Foram atingidas estruturas nas comunidades de Luizinho e Goiabeiras, que ficam na divisa. Recomendação é de que moradores evitem deslocamentos.

Ponte que liga comunidade de Luizinho ao Rio Grande do Sul ficou coberta pelo rio Pelotas (Foto: Divulgação)

Com chuva desde sábado (27), pontes de localidades rurais de São Joaquim, na Serra catarinense, ficaram completamente cobertas pela água de um rio que corta a região. Com isso, as localidades de Despraiado, Invernadinha, Luizinho e Goiabeiras tiveram as estruturas atingidas.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros de São Joaquim, o nível da água do Rio Pelotas teve uma grande elevação em poucas horas. Com a previsão de continuidade das chuvas até quarta-feira, a expectativa é de que os acessos locais continuem intransitáveis.

As pontes de Luizinho e Goiabeiras fazem a ligação entre São Joaquim e as cidades gaúchas de São José dos Ausentes e Bom Jesus, respectivamente. A recomendação é de que os moradores dessas localidades evitem deslocamentos e, em caso de necessidade, utilizem caminhos alternativos.

A Defesa Civil municipal informou que um levantamento mais detalhado da situação das pontes deve ser feito nesta segunda-feira (29). "Geralmente é uma situação comum quando dá enxurrada, algumas comunidades podem ficar ilhadas. Se a chuva continuar na mesma intensidade, podem ocorrer alagamentos também no perímetro urbano", disse o coordenador da Defesa Civil municipal Sebastiao Alex Macedo Waltrick.

Localidade de Despraiado também teve estrutura coberta pela água (Foto: Divulgação)


Na localidade de Invernadinha, Rio Pelotas também cobriu ponte (Foto: Divulgação)


Estragos no estado
Cidades catarinenses têm sido atingidas por chuvas desde sexta-feira (26). De acordo com a Defesa Civil estadual, 27 municípios tiveram algum tipo de ocorrência pontual. Até o início da noite deste domingo (28), havia o registro de 53 pessoas afetadas, em 14 residências. Em Arvoredo, uma família precisou sair de casa em razão de um deslizamento.

Já no município de Rio do Sul, cinco abrigos foram abertos, mas apenas três haviam recebido 18 famílias até a noite deste domingo (28), num total de 72 pessoas.

Tube News
Postar um comentário