JOVEM DO ACRE SOME APÓS DEIXAR 14 LIVROS ESCRITOS Á MÃO E CRIPTOGRAFADOS - Tube News

@otubenews

05 abril 2017

JOVEM DO ACRE SOME APÓS DEIXAR 14 LIVROS ESCRITOS Á MÃO E CRIPTOGRAFADOS

Isso parecia ser apenas mais um caso de polícia e tem se tornado algo imensamente intrigante, e você talvez fique obcecado pelo caso do jovem do Acre, de 22 anos em Rio Branco.



Bruno Borges sumiu após ter deixado seu quarto com centenas de escritas

Segundo o site G1, o jovem do Acre leu mais de 500 livros e é obcecado por Giordano Bruno, filósofo e teólogo queimado na fogueira em 1600 ao se recusar a abrir mão de suas teorias. 


Giordano defendia a infinitude do universo e sua característica de transformação constante.





Para ele, Deus também é infinito – iminente e transcendente – e sem contradições, uma vez que os opostos terminam por coincidir nesse infinito. Bruno é tão fanático por Giordano que comprou uma estátua do filósofo avaliado entre R$ 7 mil e R$ 20 mil.

Em seu quarto não foram encontrados móveis, e sim alguns quadros com imagens de extraterrestres e 14 livros escritos e criptografados por ele por códigos. 

Nas paredes, cópias de algumas páginas dos livros foram reproduzidas de forma absolutamente assimétrica e cuidadosa. Além disso, foram encontrados dezenas de símbolos que vão desde a árvore da vida, Reiki, ocultismo, símbolos de proteção e alquimia.




Os pais de Bruno viajaram por cerca de 20 dias, tempo suficiente para Bruno ”reformar” seu quarto, tirando móveis e impedindo a entrada de seus irmãos. Bruno tem uma irmã mais velha, Gabriela Borges e mais um irmão que não quis dar entrevistas.

Denise Borges, a mãe de Bruno, disse na entrevista ao G1, que desde 2013 o jovem tem feito um “projeto” e pedindo auxílio financeiro , que negou após ele recusar dar detalhes sobre no que estava trabalhando. “Ele dizia que era muito secreto e eu não quis ajudar. Então, ele começou a procurar pessoas que acreditassem nele sem contar o que era o projeto. Ele só me falava que estava escrevendo 14 livros que iriam mudar a humanidade.

Bruno Borges sumiu na semana passada após um almoço de família. Preocupados, os parentes foram atrás da polícia, que já investiga o caso. Nós nos solidarizamos com a dor da família e torcemos pra que tudo seja resolvido o quanto antes!
Postar um comentário