VÍDEO MOSTRA MOMENTO EM QUE MULHER CAI DE PONTE NO RIO TÂMISA NO ATAQUE EM LONDRES - Tube News

@otubenews

23 março 2017

VÍDEO MOSTRA MOMENTO EM QUE MULHER CAI DE PONTE NO RIO TÂMISA NO ATAQUE EM LONDRES

Ataque deixou 4 mortos e 40 feridos. Mulher foi resgatada viva, com ferimentos graves.




Um vídeo mostra o momento em que uma mulher caiu nesta quarta-feira (22) no rio Tâmisa da ponte Westminster, em Londres. Ela é uma das vítimas feridas no ataque perto do Parlamento britânico, que deixou 4 mortos e 40 feridos. Inicialmente, autoridades tinham informado 5 mortos, mas o número foi atualizado nesta quinta (23).

As imagens mostram o carro usado pelo agressor passando em alta velocidade pela ponte Westminster e uma pessoa caindo da ponte.




Segundo informou a Autoridade Portuária de Londres (PLA), a mulher foi retirada do Rio Tâmisa viva. Ela está recebendo tratamento para ferimentos graves.


O ataque começou quando um carro que passava pela Ponte de Westminster atropelou um grupo de pessoas. O suspeito deixou o veículo preto e avançou em direção ao Parlamento, atingindo um policial com uma faca, que acabaria morrendo. Pouco depois, foram ouvidos disparos. O agressor foi baleado pela polícia e morreu também.

Pessoas ajudam homem que foi ferido em ponte de Londres (Foto: Toby Melville/Reuters)
A polícia foi chamada por volta de 14h40 (11h40, no horário de Brasília). Os agentes isolaram o local e as atividades parlamentares foram suspensas. A polícia trata o caso como um incidente terrorista e acredita que o agressor tenha sido inspirado pelo terrorismo internacional.

Reunião de emergência
A premiê britânica Theresa May tinha participado da sessão semanal de perguntas ao governo na Câmara dos Comuns antes do ataque. Depois do incidente, presidiu uma reunião do comitê de emergência Cobra, integrado pelos principais ministros do país.

Após a reunião, May fez um pronunciamento em que agradeceu a ação da polícia e dos serviços de emergência, e prestou solidariedade às famílias e aos amigos das vítimas. Também disse que a rotina da cidade voltará ao normal, e o Parlamento se reunirá como de costume.

A premiê disse que o risco de ataque na cidade, que desde agosto de 2014 é considerado "severo", será mantido.

"Nossos pensamentos e orações vão a todos que foram afetados - às próprias cítimas, e suas famílias e amigos que se despediram de seus entes queridos, mas não os receberão em casa. Para aqueles de nós que estávamos no Parlamento no momento deste ataque, esses eventos nos trazem uma lembrança particular da bravura excepcional dos nossos serviços de polícia e segurança, que arriscam suas vidas para nos manter seguros", afirmou.

"Nós vamos andar adiante juntos. Nunca cedendo ao terror. E nunca permitindo que as vozes do ódio e do mal nos afastem", disse.

Um corpo coberto é visto no local do ataque do lado de fora do Parlamento britânico em Londres, na Inglaterra (Foto: Stefan Rousseau/PA via AP)

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse em um vídeo publicado em sua conta no Twitter que os moradores de Londres devem saber que haverá mais policiais armados e desarmados nas ruas da cidade nos próximos dias, mas pediu que não fiquem alarmados. “Nossa cidade permanece uma das mais seguras do mundo”, afirmou. “Os londrinos nunca serão intimidados pelo terrorismo”, completou.

Tube News
Postar um comentário