CRISTIANO INAUGURA SEU POLÊMICO AEROPORTO - Tube News

@otubenews

30 março 2017

CRISTIANO INAUGURA SEU POLÊMICO AEROPORTO

“Nunca pedi, mas estou feliz”, diz o jogador em um ato no qual foi acompanhado por sua família




“Não pedi, mas não sou hipócrita e assumo que me sinto lisonjeado e me deixa feliz”. Cristiano Ronaldo agradeceu assim o batismo do aeroporto de Madeira que leva seu nome em uma cerimônia que foi realizada na quarta-feira. “Sei que há pessoas que não estão de acordo, e inclusive estão sentadas aqui, tudo bem. Vivemos em um país democrático”, acrescentou o jogador português, que quis agradecer “a coragem” do presidente do Governo de Madeira pela mudança do nome do aeroporto.

O recado de Ronaldo, de 32 anos, aos que foram contra também apareceu no discurso do presidente do país Marcelo Rebelo de Sousa: “É preciso coragem para essa mudança. A prática comum é dar a personalidades falecidas. A escolha, caso único, foi feita assumindo riscos. Escolher uma personalidade viva tem riscos, mas sabemos que Cristiano, quando deixar os campos, vai viver com a mesma humildade, com as mesmas raízes. 


Sempre foi assim e sempre será.” Mais que uma marca atrativa para o turismo, Cristiano é um exemplo da capacidade de trabalho nas condições mais difíceis e de chegar à excelência, de como alcançar a genialidade com trabalho e orgulho. 

Não é normal dedicar um aeroporto a uma personalidade viva e, menos ainda, a um jogador de futebol. Na verdade, o único existente é o de Belfast, que homenageia George Best. “É uma escolha excepcional para uma personalidade excepcional que nunca vai nos decepcionar”, afirmou o mandatário, completando que Cristiano, com sua excelência, “alimenta o orgulho nacional e nos projeta no mundo”.

Ronaldo chegou acompanhado de sua mãe, seu filho e de sua namorada, Georgina Rodríguez, e foi recebido pelo presidente de Madeira, Miguel Albuquerque, e o primeiro-ministro de Portugal, António Costa. 


Na sua chegada, o atacante do Real Madrid foi aplaudido pelas mil pessoas participantes, que só repetiram o fervor com a chegada do primeiro-ministro. “Ver esse aeroporto com meu nome é algo muito especial. Todo mundo sabe que estou orgulhoso das minhas raízes”, afirmou o jogador.

CR7, sigla com a qual construiu um império que vende roupa interior, toalhas e alto-falantes, reuniu as forças vivas de Portugal, como o maior hoteleiro, Dionisio Pestana — com quem abriu uma rede de hotéis CR7 —, o maior agente mundial de futebol Jorge Mendes e o ex-presidente de Madeira, Alberto João Jardim. Claro, na primeira fila estava seu filho Ronaldo Jr. com sua avó, que vai ganhar enquanto Cristiano promove Madeira de graça: Dolores Aveiro vai receber 250.000 euros (838 mil reais) para anunciar as bananas da ilha.

Uma das vozes dissonantes que não queria homenagear o filho mais famoso da ilha foi o diplomata Francisco Seixas da Costa, que afirmou em seu perfil de Facebook que este batismo “desafia os limites do bom senso, da justiça e do ridículo”.


 Como diplomata vale muito e ainda mais como político, pois o ex-secretário de Estado sob um Governo socialista sugere que o correto teria sido dar o nome de Alberto João Jardim, carismático político do PSD que governou Madeira durante 37 anos com um estilo muito pessoal que o levou, entre outras coisas, aos tribunais. 

O diplomata terá que reconhecer que, goste ou não, Cristiano Ronaldo ajuda muito mais a ilha que vive fundamentalmente do turismo e por cujo aeroporto no ano passado passaram 3,1 milhões de pessoas.


AS REDES RIEM DO BUSTO

Twitter prestou atenção em apenas um detalhe da visita de Ronaldo: a aparência de seu busto, no qual o jogador do Real Madrid não aparece muito bem. As redes sociais não demoraram para criar memes com o rosto do jogador.
Postar um comentário